Motorista de Cristiano Araújo é indiciado por duplo homicídio

Polícia Civil apurou que Ronaldo Miranda dirigia acima da velocidade permitida. Se condenado, poderá pegar até quatro anos de prisão

Cantor Cristiano Araújo e o motorista Miranda Ribeiro | Foto: Reprodução

Cantor Cristiano Araújo e o motorista Miranda Ribeiro | Foto: Reprodução

O motorista Ronaldo Miranda foi indiciado na manhã desta sexta-feira (10/9) pela morte do cantor Cristiano Araújo e da namorada, Allana Moraes. De acordo com a Polícia Civil, ele responderá por duplo homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e, se condenado, pode pegar até quatro anos em regime fechado.

Em coletiva de imprensa, o delegado Fabiano Jacomellis, de Morrinhos (GO), confirmou que houve negligência por parte de Miranda, já que o veículo estava a 179 km/h na hora do acidente — que aconteceu na madrugada de 24 de junho, na BR-153.

Em depoimento, o motorista também havia confirmado que o jogo de rodas não era original e foi presente de um amigo do sertanejo, que as utilizava em um outro carro, do mesmo modelo e marca. Segundo apurou a PC, a troca também foi um dos motivos causadores do acidente.

Depoimento

Ronaldo Miranda contou durante depoimento em junho deste ano que, na hora do acidente, ouviu um barulho de pneu estourado rodando no asfalto e que, logo em seguida, perdeu o controle da direção e que não se lembra de mais nada depois disso.

O motorista também confirmou que estava acima da velocidade permitida para o trecho da BR-153, que era de 110 km/h, mas não soube dizer ao certo a que velocidade efetivamente estava no momento do acidente.

Sobre a morte do cantor, o motorista disse que a “vida dele era o Cristiano Araújo”, com quem trabalhava desde 2012 e mantinha uma forte amizade. Miranda confirmou que o sertanejo e a namorada não usavam cinto de segurança.

Morte

O cantor Cristiano Araújo, 29 anos, morreu no dia 24 de junho, no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), após sofrer um acidente de carro na BR-153, entre as cidades de Goiatuba e Morrinhos. A namorada do sertanejo, Allana Moraes, de 19 anos, que também estava no carro, morreu na hora.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Marcelo Melgaço Costa

Óbvio que o tal Ronaldo não era responsável pelas rodas, pois foi o sertanejo quem mandou coloca-las e ele, motorista, não tinha condições ou mesmo suspeitava que uma delas tinha defeito, visto que não era aparente e, provavelmente, não se manifestava na condução do veículo. E é ÓBVIO que o tal Ronaldo é responsável por conduzir o veículo em uma velocidade MUITO acima da permitida. Claro que a defesa vai argumentar que o sertanejo mandava ele andar rápido, mas o argumento é tão fraco quanto o de um piloto de avião de passageiros que tenta justificar um acidente provocado por… Leia mais