Morre surfista Ricardo dos Santos, baleado em Santa Catarina

Após levar três tiros na frente de casa na última segunda-feira (19/1), atleta passou por quatro cirurgias, mas não resistiu aos ferimentos

Foto: reprodução / Facebook

Foto: reprodução / Facebook

O surfista Ricardo dos Santos, de 24 anos, morreu no início da tarde desta terça-feira (20/1) em Santa Catarina, após uma parada cardiorrespiratória. Na última segunda (19/1) ele foi baleado por um policial na praia da Guarda do Embaú, em Palhoça, na Grande Florianópolis, e foi levado para o hospital onde passou por quatro cirurgias.

Ricardinho da Guarda – como se autointitulava – levou três tiros de Luis Paulo Mota Brentano, policial militar que estava de férias. De acordo com relato de testemunhas, o policial e seu irmão estavam consumindo drogas na frente da casa de Ricardinho que foi pedir para que eles saíssem de lá. Depois disso, ele foi baleado.

O policial, entretanto, deu outra versão do caso e alegou que atirou em legítima defesa, já que Ricardo dos Santos teria tentado agredi-lo.

Segundo nota da Polícia Militar de Santa Catarina, o policial e o seu irmão, menor de idade, são foram detidos e conduzidos para uma delegacia local para prestar esclarecimentos. O militar permanecerá preso em um quartel da PM.

A Polícia Militar também informou que o policial se dispôs a passar por exames toxicológicos e que vai passar por inquérito civil e militar sobre o caso.

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.