Morre o humorista Jorge Loredo, o Zé Bonitinho

Ator faleceu por volta de 5 horas da manhã desta quinta-feira no Rio de Janeiro. Ele lutava contra doença pulmonar obstrutiva crônica grave

Zé Bonitinho: personagem mais famoso do humorista | Foto: divulgação

Zé Bonitinho: personagem mais famoso do humorista | Foto: divulgação

Morreu, por volta de 5 horas da manhã desta quinta-feira (26/3), o humorista Jorge Loredo, o Zé Bonitinho.

O comediante, de 89 anos, estava internado no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio desde o último 3 de fevereiro, onde permaneceu em estado grave. De acordo com o boletim médico, Loredo lutava há anos contra uma doença pulmonar obstrutiva crônica grave e um enfisema pulmonar, que o levaram à falência múltipla de órgãos.

Na TV, o ator começou dividindo o banco do programa “Praça da Alegria”, nos anos 1970, com Chico Anysio, Moacyr Franco e Ronald Golias. Diferentemente de Anysio e e Franco, que tiveram programa próprio, e de Golias, que era astro absoluto da “Família Trapo” , Loredo sobreviveu como coadjuvante.

O ator chegou a criar outros tipos famosos, como o mendigo soberbo My Lord e o costureiro François Paetê, mas Zé Bonitinho sempre foi a sua grande marca, que só desapareceu da TV quando o programa “A praça é nossa”, do SBT, saiu do ar, no início dos anos 2000.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.