Morre menino que ficou 5 dias em poço no Marrocos

A operação para salvar Rayan durou quatro dias e foi dificultada pelo solo arenoso e rochoso na região do acidente

O menino Rayan Awram, de 5 anos, morreu após ficar 5 dias preso em um poço de 32 metros de profundidade na vila de Ighran, no norte de Marrocos. Socorristas trabalhavam desde quarta-feira, 2, no local.

Ele chegou a ser resgatado, mas já estava morto. Um túnel paralelo ao buraco foi instalado para auxiliar no resgate. Água, comida e oxigênio foram fornecidos e uma câmera foi instalada para monitorar a criança.

Rayan Awram se encontra em um buraco estreito de difícil acesso. Não se sabe ainda como o menino caiu no poço. Por três dias, as equipes usaram tratores para cavar uma vala paralela e, na sexta-feira, 4, começaram a escavar um túnel para alcançar Rayan.

O trabalho dos socorristas foi difícil devido ao receio de que o solo ao redor do poço caísse sobre o menino. Canais de TV e jornais locais transmitiram o resgate ao vivo. Milhares de curiosos foram ao local para acompanhar as buscas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.