Morre Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, aos 80 anos

O inglês era um dos membros mais antigos da banda, ao lado de Keith Richards e Mick Jagger. Informação foi divulgada por seu empresário

O baterista da banda Rolling Stones, Charlie Watts, morreu aos 80 anos, nesta terça-feira, 24. Segundo informações do jornal Daily Mail, ele estava em um hospital de Londres, cercado por sua família.

Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones: morte aos 80 anos | Foto: Divulgação

A informação foi confirmada por Bernard Doherty, agente do músico, para a imprensa britânica. “É com imensa tristeza que anunciamos a morte de nosso amado Charlie Watts”, escreveu.

Com Mick Jagger e Keith Richards, ele estava entre os membros mais antigos dos Stones. A banda havia passado por algumas mudanças em sua formação ao longo das décadas.

Charlie havia sido submetido a um procedimento cirúrgico recentemente. O motivo da cirurgia não foi declarado, mas seu representante informou que o músico ficaria de fora da turnê da banda, prevista para começar em 26 de setembro.

“Pela primeira vez, meu ritmo tem estado um pouco estranho. Tenho trabalhado duro para estar completamente bem, mas hoje eu devo aceitar os conselhos dos especialistas que isso demorar mais um pouco”, lamentou o músico, que ainda disse não querer que sua recuperação atrasasse a turnê.

“Depois de todo o sofrimento causado pela Covid, eu realmente não quero desapontar os fãs do Stones que já estão com seus ingressos com mais um anúncio de adiamento ou cancelamento. Por isso, pedi para meu grande amigo Steve Jordan para me substituir.”

Em 2004, Watts passou por um tratamento contra o câncer. Na época, Jordan também assumiu o posto do baterista nos shows.

* Com informações do portal G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.