Morre Antônio Ermírio de Moraes, presidente de honra do Grupo Votorantim

Engenheiro faleceu em sua casa, em São Paulo, de insuficiência cardíaca

Antonio ermirio votorantim

Sua carreira no Grupo Votorantim, principal indústria produtiva do país, foi iniciada em 1949, quando assumiu a responsabilidade pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, inaugurada em 1955

Morreu aos 86 anos na noite deste domingo (24/8) o presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermírio de Moraes. O engenheiro faleceu em sua casa, em São Paulo, de insuficiência cardíaca. Ele deixa a mulher, Maria Regina Costa de Moraes, com quem teve nove filhos. O velório está previsto para iniciar às 9h, no Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa, e o cortejo fúnebre sairá às 16h em direção ao Cemitério do Morumbi.

*Leia Mais: Alzheimer tira Antônio Ermírio de Moraes do comando do Grupo Votorantim
Antônio Ermírio diz que a educação pode salvar o indivíduo e que empresário tem missão social

Antônio Ermírio de Moraes formou-se engenheiro metalúrgico pela Colorado School of Mines, nos Estados Unidos. Sua carreira no Grupo Votorantim, principal indústria produtiva do país, foi iniciada em 1949, quando assumiu a responsabilidade pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, inaugurada em 1955.

Desde o início de 2013 Antônio Ermírio de Moraes enfrentava os sintomas do Alzheimer. A história do empresário foi relatada no livro “Antônio Ermírio de Moraes — Memórias de um Diário Confidencial” (Planeta, 350 páginas), de José Pastore, Ph.D em sociologia pela Universidade de Wisconsin e professor da Universidade de São Paulo (USP).

A morte do empresário foi lamentada pelo Grupo Votorantim, que em nota destacou que Antônio Ermírio de Moraes “serviu de exemplo e inspiração para seus valores, como ética, respeito e empreendedorismo”. O grupo também ressaltou o empreendedorismo do empresário em defesa do “papel social da iniciativa privada para a construção de um país melhor e mais justo, com saúde e educação de qualidade para todos”, tendo pontuado que com sua morte perde-se um “grande líder”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.