Moradores procuram MP para retirar jogadores de Pokémon GO do Setor Sul

Documento protocolado no dia 13 pede que sejam tomadas providências quanto a transtornos que usuários do aplicativo estariam causando na região da Travessa 88

Movimentação no local aumentou desde que o jogo chegou a Goiânia | Foto: Reprodução

Movimentação no local aumentou desde que o jogo chegou a Goiânia | Foto: Reprodução

A Travessa 88, no Setor Sul, se tornou conhecida pelos jogadores goianienses de Pokémon GO pela grande quantidade de Pokéstops – lugares em que são encontrados itens como pokébolas, poções e outros itens que auxiliam no jogo – e pokémons que ali aparecem. Durante toda a semana é possível encontrar pessoas usando o aplicativo pela região, mas isso pode mudar em breve.

Moradores da Quadra F-36 e proximidades protocolaram, no último dia 13, um abaixo-assinado que pede a retirada ou transferência das Pokéstops da região. O motivo seria os transtornos que os usuários do aplicativo estão causando a quem vive ali.

De acordo com o documento, os jogadores estão acabando com a área verde ao estacionar os veículos sobre a grama; levantando poeira em excesso e, com isso, causando problemas de saúde nos moradores (idosos, em sua maioria); quebrando o calçamento; perturbando com o barulho que permanece até a madrugada e deixando muito lixo por toda a travessa, o que estaria atraindo insetos para o local.

O jogo estaria prejudicando a qualidade de vida de quem vive ali e por isso estariam todos em “uma situação de desespero” porque o jogo teria acabado “com a paz e tranquilidade em seus domicílios”.

O abaixo-assinado foi recebido pela 81ª Promotoria (Meio Ambiente). De acordo com o MP, o promotor responsável, Marcelo Fernandes de Melo, tem 30 dias a partir do recebimento do documento para despachá-lo e decidir se será tomada alguma medida ou o pedido será indeferido. No momento, a promotoria estuda o documento para poder se pronunciar.

8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Geber Mendonça

Por que não protocolaram um pedido de revitalização da praça, juntamente de uma guarita da guarda municipal, além da colocação de placas orientando sobre lixo, som e afins? Isso valorizaria em muito a região.

Fernando

A pracinha era abandonada,os moradores passa com os carros pelo local para entrar em suas casas,muitos jogadores nao fazem nem muito barulho conversa baixo um perto do outros

Wilton Moreira Jr

Isso só acontece no Brasil. Já que o poder público não tem a capacidade de manter os parques limpos e pavimentar seus passeios, resolvem proibir a população de utilizar os parques públicos. Se a justiça aceitar esse pedido vão abrir procedência para outras medidas como por exemplo: “Executar toda a população de doentes e enfermos porque o governo não fornece remédios e atendimento de que tem o direito.

Raquel

Não é um problema do Brasil, é questão de bom senso. Multidões atraem problemas, e ali é uma área residencial, não há rua que separe a conversa alta até horas das casas. Não há lixeiro (não cabe um caminhão naquelas ruinhas). As casas são grudadas na área verde, qualquer som atrapalha os moradores. Não há um pingo de bom senso, lixo para todos os lados, gritarias, carros estacionados nas áreas verdes. Os moradores só querem tirar as pokestops, não querem impedir ninguém de ir e vir. Na Austrália teve o mesmo problema e os moradores conseguiram tirar as pokestops. http://www.news.com.au/…/e25e03bddf439b3429558364acc1835d

Fernando Quirino

Quem for lá fiscalizar os jogadores podia aproveitar pra instalar
lixeiras, revitalizar a via, bloquear a entrada e saída de carros de
todos (inclusive dos moradores?) fazer uma jardinagem porque a poeira
vem do abandono, entre outras melhorias como melhor iluminação e
policiamento. Podiam começar por aí, porque se tivesse outro lugar para
os jogadores irem, com segurança e qualidade, com certeza as pessoas
prefeririam. ;)

Brenno Eduardo Arcie

Só coloca um Pm ali e quem por carro na Grama Multa e guincho
piso na Grama porrada

Rodrigo

Local público, quando se mudaram pra lá já sabiam que era próximo a rua.

Saitama

Acho ótimo depois de um ano não tiraram nenhuma pokestop, porém hoje os jogadores visitam outros lugares e se visitar o lugar vai ver o quanto os moradores são hipócritas e sujam o local. Agora não tem como culpar os.jogadores pois os baderneiros e sujões moram la ainda. Parabéns população regional so queria aparecer mesmo