Missão oficial à Europa atrai novos investimentos para Goiás

Marconi Perillo percorre multinacionais, universidades, centros de tecnologia e portos, inserindo Goiás na rota de novos destinos comerciais

Governador apresentou Goiás à Europa | Foto: Marcos Villas Boas

Governador apresentou Goiás à Europa | Foto: Marcos Villas Boas

A apresentação das potencialidades do Estado de Goiás e a abertura de incentivos para atração de novos investimentos foram os principais eixos da missão oficial liderada pelo governador Marconi Perillo (PSDB), durante os 15 dias em que esteve na Europa. Quatro países foram visitados pela comitiva goiana: Espanha, Bélgica, Alemanha e Holanda.

Liderando uma série de reuniões diárias, o tucano-chefe percorreu multinacionais, universidades, centros de tecnologia e portos, na busca de inserir o Estado de Goiás na rota internacional de novos destinos comerciais e econômicos. A viagem foi iniciada em 16 de outubro.

Ao menos duas ações concretas de relevante importância para o Estado de Goiás foram concretizadas. Em Bruxelas, a empresa alemã do setor farmacoquímico Gerresheimer confirmou a implantação de uma nova fábrica de grande porte em Anápolis.

A companhia vai investir R$ 60 milhões na construção e operação da planta em Goiás. A expectativa é a geração de 250 empregos diretos. O anúncio foi feito durante reunião dos empresários da empresa Wellington Lentini e Jens Christian Friis com o governador Marconi Perillo.

Na Espanha, o governador Marconi Perillo se reuniu com empresários do setor farmacoquímico e de bioenergia interessados em produzir em Goiás, através de parcerias com a Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego). Ficou acordada parceria para fabricação de medicamento contra asma – o fumarato de formoterol budesonida – em Goiás. O medicamento será produzido em parceria entre a Iquego e laboratórios privados.

Acompanharam o governador o secretário-chefe do Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais, Isanulfo Cordeiro; o prefeito de Anápolis, João Gomes (PT); a presidente da Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego), Andrea Vecci; o presidente Federação da Indústria do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves; e o superintendente do Sebrae Goiás, Igor Montenegro.

Espanha

Governador apresenta projeto Andorinhas em Madri | Foto: Marcos Villas Boas

Governador apresenta projeto Andorinhas em Madri | Foto: Marcos Villas Boas

Em Madri, o governador Marconi Perillo iniciou a agenda oficial participando de seminário de negócios na sede Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE), similar aqui no Brasil da Confederação Nacional da Indústria. Com o tema “Encontro de Oportunidades de Negócios e de Investimentos em Goiás”, Marconi falou, para aproximadamente 70 empresários, sobre as possibilidades de negócios no Estado, mostrando os potenciais nichos de investimentos e as condições que são oferecidas para que os empreendimentos se instalem, se desenvolvam e se consolidem.

O presidente da Câmara de Comércio Brasil Espanha, José Gasset Loring, destacou que o Brasil é um país estratégico e que Goiás tem iniciativas interessantes para se investir. Marconi convidou e os empresários espanhóis aceitaram fazer um seminário em Goiás no início do ano que vem.

Buscando estimular a associação entre laboratórios públicos e privados, o governador Marconi Perillo se reuniu também, em Madri, com empresários do setor farmacoquímico e de bioenergia interessados em produzir em Goiás, através de parcerias com a Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego). Nos encontros com os dois segmentos, que ocorreram em ocasiões distintas, o governador conheceu as propostas de investimentos em elaboração pelas companhias.

Na primeira reunião, Marconi esteve com o presidente do Conselho da Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica (Abiquif), José Correa da Silva, para tratar de parceria para fabricação de medicamento contra asma – o fumarato de formoterol budesonida – em Goiás. A produção do medicamento é de alta complexidade e envolve o chamado Processo de Desenvolvimento de Produtos (PDP). O medicamento será produzido em parceria entre a Iquego e laboratórios privados. A presidente da Iquego, Andrea Vecci, participou do encontro.

Ainda em Madri, o governador apresentou para um grupo de emigrantes goianos na Espanha o Projeto Andorinhas, programa do Governo de Goiás de apoio a cidadãos do Estado que vivem no exterior. O projeto tem como objetivo orientar o trabalhador goiano no exterior a planejar sua vida financeira.

A reunião foi realizada na Casa Brasil, com participação de membros da Embaixada do Brasil na Espanha. Segundo levantamento do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, 12% dos brasileiros que vivem fora do País são oriundos da Região Centro-Oeste e Goiás é o quarto Estado do País em número de brasileiros residindo em outros países.

A estimativa é de que mais de 300 mil goianos, entre emigrantes formais e informais, viviam no exterior antes da recessão econômica deflagrada nos EUA em 2008 com a crise da hipoteca. Cônsul-Geral do Brasil em Madrid, Paulo Alberto da Silveira Soares afirmou que o Andorinhas é “um projeto absolutamente inovador e único no Brasil”.

Berlim

Governador na Alemanha, durante Seminário Promoção de Investimentos em Goiás | Seminário Promoção de Investimentos em Goiás

Governador na Alemanha, durante Seminário Promoção de Investimentos em Goiás | Seminário Promoção de Investimentos em Goiás

Dedicando agenda de trabalho da missão comercial à Europa também para a Alemanha, o governador Marconi Perillo liderou em Berlim reuniões com autoridades e empresários do setor logístico daquele país. Marconi apresentou as oportunidades, obras e projetos do Estado de Goiás no setor e ouviu manifestações de interesse dos alemães pela proposta de implantação da Ferrovia Brasília-Goiânia e pela utilização da Plataforma Logística Multimodal e do Aeroporto de Cargas de Anápolis para o intercâmbio comercial entre Brasil e Alemanha.

Os alemães receberam o governador e auxiliares da comitiva do Governo de Goiás no Ministério de Transportes e Infraestrutura Digital e detalharam a proposta de fazer da Alemanha um portão de entrada dos produtos goianos para todo o mercado europeu. O ministro de Transportes e Infraestrutura Digital, Michael Odenwald, determinou, a partir da explanação do governador, que a pasta inclua Goiás no Congresso de Segurança de Transportes que a Alemanha realizará no Brasil nos próximos meses.

Por sugestão do governador, a Federação da Indústria do Estado de Goiás (Fieg) vai promover um encontro empresários goianos e alemães para a discussão de oportunidades de investimento. A agenda, ainda a ser detalhada, vai incluir a intermediação do governador de Goiás junto às federações industriais de Goiás e do Brasil para criação de uma Aliança Nacional de Logística.

Na Embaixada do Brasil na Alemanha, Marconi realizou o seminário Promoção de Investimentos em Goiás para uma plateia de mais de 100 grandes empresários alemães. No seminário, o governador destacou os investimentos feitos pelo Governo de Goiás na melhoria da infraestrutura do Estado, o crescimento da economia agropecuária e industrial e os novos programas desenvolvidos nesta administração para estimular o crescimento econômico nos próximos anos.

O governador Marconi Perillo esteve também, em Berlim, na Associação Fraunhofer, o maior centro de inovação tecnológica da Europa. Ele visitou o instituto para apresentar aos dirigentes do Fraunhofer o Programa de Inovação e Tecnologia goiano, o Inova Goiás, e, assim, prospectar parcerias bilaterais no setor. As medidas tecnológicas adotadas no Instituto visam criar soluções inovadoras para o setor público e privado, e, por serem semelhantes às ações do Inova Goiás, o governador busca parcerias e ideias para aplicação no Estado de Goiás.

Brasil e Alemanha já desenvolvem pesquisas e experimentos em conjunto há mais de quatro décadas e, com o crescimento da indústria goiana e um programa específico para a inovação tecnológica, Marconi quer atrair essa parceria também para Goiás. A direção da Fraunhofer disse que a associação também tem interesse em ampliar suas parcerias no Brasil, e de forma direta, que os setores da economia apresentados pelo governador durante suas explanações na Missão Europa interessam ao instituto.

Bélgica

Marconi recebe a Comenda da Ordem da Coroa da Bélgica | Seminário Promoção de Investimentos em Goiás

Marconi recebe a Comenda da Ordem da Coroa da Bélgica | Seminário Promoção de Investimentos em Goiás

O segundo maior porto europeu, na cidade de Antuérpia, litoral da Bélgica, terá espaço permanente para exposição de produtos de empresas goianas, principalmente pequenas e micro que ainda não se internacionalizaram. O anúncio foi feito pelo governador de Goiás, Marconi Perillo, durante visita oficial que fez àquele porto.

O governo estadual e a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e o Sebrae Goiás vão firmar parceria para adquirir e manter um showroom de produtos goianos no local de maior concentração de compradores que abastecem todo o mercado da Europa. A iniciativa foi festejada pelos empresários goianos convidados para a parte comercial da agenda.

O governador da província belga de Liège, Herve Jamar, afirmou ao governador Marconi Perillo que a região quer ampliar a parceria comercial e cultural com Goiás. Em reunião com Marconi no Palácio de los Príncipes, em Bruxelas, Jamar disse que o governo da província vai enviar uma missão para conhecer Goiás no ano que vem e avaliar as oportunidades de negócios bilaterais. Ele disse ainda que Liège também tem interesse em receber alunos do Programa Goiás Sem Fronteiras.

Ainda em Bruxelas, a gigante alemã do setor farmacoquímico Gerresheimer anunciou, durante reunião dos empresários da empresa Wellington Lentini e Jens Christian Friis com o governador Marconi Perillo, a implantação de uma nova fábrica de grande porte em Anápolis. A companhia vai investir inicialmente R$ 60 milhões na construção e operação da planta em Goiás. A implantação da unidade vai gerar 250 empregos diretos. Com unidades em 40 grandes cidades ao redor do planeta, a Gerresheimer detém grande parcela do mercado brasileiro e tem presença muito forte e sólida no setor em todo mundo.

Marconi durante anúncio de instalação da gigante do setor farmacêutico em Anápolis | Foto: Marcos Villas Boas

Marconi durante anúncio de instalação da gigante do setor farmacêutico em Anápolis | Foto: Marcos Villas Boas

A passagem por Bruxelas foi encerrada com a solenidade de entrega a
Marconi da Comenda da Ordem da Coroa da Bélgica, um dos principais títulos concedidos pelo rei Philippe Leopoldo Luís Maria a estrangeiros e belgas pelos serviços prestados àquele país europeu. A homenagem foi entregue pelo secretário de Estado de Comércio Exterior da Bélgica, Pieter De Crem, um dos homens públicos mais influentes do país. Em Goiás, o bispo da Diocese de Goiás, o belga Dom Eugênio Rixen, já foi agraciado com a comenda.

Holanda

Governador Marconi Perillo e secretária Raquel Teixeira em reunião com o Ministro da Educação e Cultura da Holanda | Foto: Marcos Villas Boas

Governador Marconi Perillo e secretária Raquel Teixeira em reunião com o Ministro da Educação e Cultura da Holanda | Foto: Marcos Villas Boas

O governador Marconi Perillo abriu a agenda da Missão Europa na Holanda com visita técnica ao Greenport Venlo, um dos maiores parques agroindustriais e logísticos da Europa, localizado na cidade holandesa de Horst aan de Maas. Ele e os demais integrantes da delegação de Goiás conheceram as instalações, os detalhes de operação e a tecnologia embarcada no complexo, com o objetivo de replicar o modelo em Anápolis.

Marconi e a delegação goiana foram recebidos pelo prefeito de Horst aan de Maas, Kees van Rooij, e pelo secretário de Desenvolvimento de Negócios do Greenport Venlo, Leopold Hermans. Ao visitar o Campus High Tech de Eindhoven, o governador atestou que o Governo de Goiás acertou com a criação do projeto de inovação tecnológica de Goiás – Inova Goiás.

O Campus High Tech é um centro de excelência tecnológica com 10 mil pesquisadores que atendem hoje as demandas de 150 mil empresas holandesas e que funciona com a mesma lógica do projeto recém lançado pelo Governo de Goiás: Incentivo à pesquisa e inovação para avanço na produção. Marconi quer empenho do governo de Goiás para parcerias que implementem esse modelo em Goiás.

Para o governador, há muita semelhança entre as prioridades do Campus e a produção industrial goiana. “Temos um entendimento muito grande com a indústria e o poder público – tanto que há dois meses apresentei ao estado o projeto Inova Goiás, com investimentos de R$ 1,2 bilhão e foco em incubadoras, start-ups (empresas novas baseadas em desenvolvimento tecnológico e inovação), centros de tecnologia e arranjos produtivos”, disse Marconi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.