Ministro vai à Câmara apresentar consequências da Operação Carne Fraca

Comissão de Agricultura recebe Blairo Maggi, que deve falar sobre ações do governo brasileiro para resolver impasses

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi | Foto: Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural discute, nesta quarta-feira (10/5), as consequências econômicas e sociais da Operação Carne Fraca no setor agropecuário com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MT).

A operação, deflagrada pela Polícia Federal em março, apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura em um esquema criminoso envolvendo licenças e fiscalização de frigoríficos. As investigações apontaram diversas irregularidades no controle sanitário de carnes produzidas no país.

O debate com o ministro foi proposto pelos deputados Afonso Hamm (PP-RS), Izaque Silva (PSDB-SP), Herculano Passos (PSD-SP) e Sergio Souza (PMDB-PR).

Para o deputado Afonso Hamm, a manifestação do ministro é importante para esclarecer a população brasileira sobre as medidas tomadas, “passando uma segurança com relação a qualidade da carne distribuída tanto no mercado interno, quanto para a exportação”. Essa também é a opinião do deputado Izaque que espera ainda que Maggi apresente as ações realizadas pelas pastas em relação à operação da Polícia Federal.

Já Sergio Souza quer discutir não só o modelo de controle sanitário e de segurança alimentar mas, também, as “possíveis medidas que o Parlamento pode tomar com o intuito de recuperar a credibilidade do Brasil no mercado consumidor nacional e internacional”.

A pedido de Herculano Passos, o ministro também deve apresentar os projetos do ministério para este ano. (As informações são da Câmara dos Deputados)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.