Ministro Marco Aurélio Mello determina que Censo seja realizado em 2021

No orçamento deste ano, a pesquisa perdeu 96% de sua verba, que foi reduzida de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões sendo sua realização cancelada

Marco Aurélio Mello, ministro do STF | Foto: Carlos Humberto/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello determinou ao Governo Federal  que seja realizado o Censo 2021. A decisão veio após, pedido feito pelo governo do Maranhão, depois que o Ministério da Economia informou que a realização do Censo em 2021 estava cancelada devido aos cortes de verba.  A pesquisa perdeu 96% de sua verba, que foi reduzida de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões neste ano.

O ministro avaliou que deixar de fazer o censo representa descumprir um trecho da Constituição. Nesse caso, cabe ao STF “impor a adoção de providências a viabilizarem a pesquisa demográfica”, disse em trecho da decisão.

Segundo Marco Aurélio Mello, o Censo é a mais ampla pesquisa sobre a população brasileira, sendo uma base de dados fundamental para a distribuição de recursos a estados e municípios, através do repasse do dinheiro arrecadado em impostos de acordo com a população de cada região.

(Com informações do O Globo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.