Ministro do STF determina volta de Aécio Neves ao Senado

Marco Aurélio Mello negou pedido de prisão do senador tucano 

Senador Aécio Neves (PSDB-MG) concede entrevista nas dependências do Senado Federal | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello negou o pedido de prisão e determinou, nesta sexta-feira (30/6), a volta de Aécio Neves (PSDB-MG) ao Senado Federal.

Afastado desde que foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o tucano é acusado de corrupção e obstrução da Justiça, bem como ter solicitado R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos delatores da JBS. A irmã Andrea Neves segue presa.

Na decisão, Marco Aurélio Mello diz que os delitos supostamente praticados por Aécio Neves não se enquandram entre os inafiançáveis e não foi pego em flagrante, portanto, não há base para prendê-lo.

Além disso, destaca que o senador é “chefe de família com carreira política elogiável”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.