Ministro da Educação diz que Goiás “merece destaque nacional” por desempenho no Saeb

Rossieli Soares destacou que Goiás foi única unidade da federação que, a um só tempo, apresentou maior proficiência e agregou mais pontos às suas médias 

Ministro da Educação, Rossieli Soares | Foto: André Nery / MEC

O ministro da Educação, Rossieli Soares, do MDB, deu especial destaque aos resultados alcançados por Goiás na apresentação dos dados da Prova Brasil, nesta quinta-feira (30/8). “O Estado de Goiás aqui merece destaque pois é o único que compõe os dois grupos, aqueles que apresentaram maior proficiência e agregaram mais pontos às suas médias na comparação com 2015”, disse o ministro, na coletiva de imprensa sobre os números do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), em Brasília.

De acordo com as informações, apresentadas pelo ministro Rossielli Soares, Goiás é o único presente nos dois grupos de Estados que despontaram: por apresentar proficiências médias em ambos os componentes avaliados (Português e Matemática) em todas as etapas da educação avaliadas (Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo); e por conseguir agregar mais pontos de proficiência média ao desempenhos de seus estudantes em relação a 2015, também em ambos componentes e em todas as etapas avaliadas (Acre, Alagoas,Ceará, Goiás, Piauí,Tocantins).

A Educação pública da rede estadual goiana é destaque nacional do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) em 2017. Foi o que revelaram os dados divulgados nesta quinta-feira, 30/8, pelo Ministério da Educação (Mec)/Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

De acordo com as informações, apresentadas pelo ministro Rossielli Soares, Goiás é o único presente nos dois grupos de Estados que despontaram: por apresentar proficiências médias em ambos os componentes avaliados (Português e Matemática) em todas as etapas da educação avaliadas (Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo); e por conseguir agregar mais pontos de proficiência média ao desempenhos de seus estudantes em relação a 2015, também em ambos componentes e em todas as etapas avaliadas (Acre, Alagoas,Ceará, Goiás, Piauí,Tocantins).

Os dados positivos também apontam que Goiás obteve as maiores médias em desempenho dos estudantes na história do Saeb. A rede estadual de educação goiana bateu os próprios recordes nas médias de Português e Matemática em todas as séries avaliadas confirmando os dados do Sistema de Avaliação Educacional de Goiás de 2017 (Saego), que já tinham apontado esse avanço da proficiência dos alunos.

As médias de Matemática do Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) evoluíram de 214,11 (2011) para 240,43 (2017). Já as de Português passaram de 194,87 (2011) para 226,67 (2017). No Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), o salto em Matemática foi de 244,15 (2011) para 263,35 (2017) e, em Português, de 239,23 (2011) para 266,6 (2017). No Ensino Médio, as médias de Matemática, que eram de 267,01 (2011) cresceram para 271,61 (2017) e as de Português de 262,75 (2011) alcançaram 270,77 (2017).

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Gabriel Mendes

Enfins, alguma coisa positiva para o Goiás. Só se noticiam coisas negativas (ruins).