Ministério dos Transportes “ressuscita” trem entre Goiânia e Brasília

ANTT se comprometeu a realizar consultas populares até outubro. Governadores de Goiás e do DF solicitaram também recursos para ferrovia entre Brasília e Luziânia

Os governadores de Goiás e do Distrito Federal, Marconi Perillo (PSDB) e Rodrigo Rollemberg (PSB), se reuniram com representantes dos ministérios de Planejamento, Orçamento e Gestão e dos Transportes na última segunda-feira (17/8) para renovar a solicitação da viabilização de recursos federais para a construção de duas ferrovias, uma entre Brasília e Goiânia e outra entre Brasília e Luziânia.

O Ministério dos Transportes, através da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), deve lançar em setembro um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) sobre a construção do trem de média velocidade entre Brasília e Goiânia, através do qual o setor público poderá obter informações sobre o projeto.

Já o projeto que ligaria Luziânia à capital federal seria um aproveitamento da linha férrea já existente entre as cidades, a adaptando para o transporte de passageiros, o que, de acordo com o governador de Goiás, facilitaria a vida dos moradores do Entorno que trabalham em Brasília. A ANTT também lançará um PMI para este projeto até o fim de outubro.

Além disso, Marconi e Rollemberg pediram também a extensão do Bus Rapid Transit (BRT) ligando Santa Maria a Luziânia e a inclusão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O VLT, que custará R$ 1,1 bilhão aos cofres de Goiás, poderá ser viabilizado por Parcerias Público Privadas.

Sobre o encontro com o secretário do PAC, Maurício Muniz Barretto, o governador de Goiás afirmou que ele demonstrou interesse e que dará resposta nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.