Ministério da Saúde libera R$ 6 milhões para equipar Instituto de Diabetes

Recurso, garantido pelo ministro Ricardo Barros ao vereador Jorge Kajuru, será encaminhado para Secretaria de Estado da Saúde

Jorge Kajuru | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), liberou, nesta quarta-feira (21/2), os R$ 6 milhões prometidos para equipar o Instituto de Diabetes de Goiânia — proposta idealizada pelo vereador Jorge Kajuru (PRP).

O empenho vem após polêmica envolvendo o prefeito Iris Rezende (MDB) e a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, que alegavam que não havia qualquer dinheiro do governo federal disponível para o centro médico.

Kajuru esteve pessoalmente no ministério e, junto ao senador Wilder Morais (PP) e o deputado federal Daniel Vilela (MDB), conseguiu não só desmentir a gestão municipal, mas também a liberação do montante, que servirá para a segunda etapa da proposta.

Pioneiro no Brasil, o centro se transformará em hospital e contará com atendimento completo para portadores de diabetes, que vai desde o pé-diabético até cirurgias mais urgentes.

A partir do próximo mês, serão quatro cirurgias diabéticas e seis bariátricas por mês, realizadas em parceria com o Hospital Geral de Goiânia Alberto Rassi (HGG). Até hoje, já foram realizadas 12 bariátricas e duas diabéticas.

“Fiz questão de ligar para o secretário de Saúde de Estado, Leonardo Vilela, agradeci a ele e pedi que agradeça ao governador [Marconi Perillo], pois não converso com ele, que respeitou o bem maior da humanidade, concordou em fazer e não levou em conta as divergências políticas”, disse Kajuru ao Jornal Opção.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.