Michel Temer: “Não participo de movimento contra o presidente da Câmara”

Vice-presidente saiu em defesa de Eduardo Cunha e avisou, via Twitter, que relação do PMDB com o governo é institucional 

Vice-presidente Michel Temer e presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Em nota do PMDBm legenda | Foto: Twitter/ Michel Temer

Vice-presidente Michel Temer e presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha | Foto: Twitter/ Michel Temer

O vice-presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB), usou o Twitter neste sábado (25/7) para defender o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), e deixar claro que não participa de nenhum movimento contra o colega de partido.

O parlamentar  foi citado no depoimento de um dos delatores do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato, Júlio Camargo, que o acusa de ter recebido R$ 5 milhões em propina. Cunha nega a acusação, mas pode vir a ser denunciado pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal.

“Não participo de movimento contra o presidente da Câmara. As relações entre governo, Câmara dos Deputados e PMDB devem ser institucionais, tendo em vista os interesses do país”, escreveu Temer na rede social. A mensagem foi compartilhada por Cunha instantes depois, também pelo Twitter.

Deixe um comentário