Meu antecessor foi um Caiado e não cuidou do município e das pessoas, diz prefeita de Goiás

Selma Basto é do PT, mas explica porque ela e quase todos os prefeitos apoiam Zé Eliton à reeleição

A prefeita da Cidade de Goiás, Selma Bastos, e o governadoriável Ronaldo Caiado | Fotos: divulgação/reprodução

A prefeita da cidade de Goiás, Selma Bastos, tem orgulho em dizer que é do PT e se considera sensata por apoiar a oposição no Estado. A gestora do município, que ela considera o berço da cultura goiana, torce para que o governador Zé Eliton (PSDB) seja reeleito e contou ao Jornal Opção sobre como está o clima político na cidade e o porquê da decisão de apoiar o governo, que ela garante ser a escolha da maioria dos prefeitos do Estado.

“Faz poucos dias que o cidadão de Goiás tem se envolvido com a política”, disse a prefeita afirmando que, até o início deste mês, o clima estava morno. “Tem melhorado nos últimos dias e vai ser assim daqui pra frente. Percebo isso, porque visito diariamente pelo menos um bairro da cidade todo dia e converso com os moradores sobre a gestão pública e sobre política”, afirmou.

A representante do Partido dos Trabalhadores atribui o apoio à oposição à defesa do Estado e da Cidade de Goiás. “Sou contra o atraso e o retrocesso e quem lidera as pesquisas pode trazê-lo. Já o atual governo, seja quando foi Marconi ou, agora, Zé Eliton, mesmo sendo da oposição, nos apoiaram sempre e ajudaram no desenvolvimento de Goiás”, explica.

A prefeita petista reforçou que escuta muitas vezes que os cidadãos querem mudanças, mas que ela, particularmente, viu muitas mudanças acontecer durante toda a gestão do governo atual. “Por isso, apoio Marconi como senador e Zé Eliton à reeleição”, declarou, completando que não adianta ser prefeita e não ter apoio e não receber políticas públicas.

“Não importa de qual partido seja, e isso não sou só eu quem falo, são os cidadãos. Por isso eu penso que o que aconteceu comigo na última eleição vai acontecer com Zé Eliton: há a ameaça de outros candidatos que vem prometendo mudanças e isso causa movimentação, mas quando o eleitor chegar no dia e ver que o trabalho que tem sido feito é bom, ele opta por continuar”, contou Selma.

A gestora de Goiás também fez questão de lembrar que, além de berço cultural do Estado, Goiás também é o berço dos Caiados e, por isso, garante que os conhece bem. “Eu sei o que representa um Caiado no governo, o meu antecessor foi um Caiado, o Márcio Caiado (PP), primo de Ronaldo”, lembrou.

“Lamentavelmente ele não teve cuidados nem com o município e nem com as pessoas que vivem aqui. Fecharam um hospital, deixaram folhas de pagamento atrasarem até seis meses, sem falar que nasci e cresci em Goiás, tenho seis anos de gestão e nunca vi uma obra relevante de qualquer um deles [Caiados]. Imagina um governo com esse perfil”, denunciou a prefeita.

Confiante e convicta, a prefeita de Goiás quis terminar a entrevista dizendo que o governo atual é um governo que dialoga e que respeita a oposição. “O Zé Eliton é muito inteligente, preparado, correto e entende de gestão. Falo pra você sem medo de errar. A maioria dos prefeitos está com o ele porque sabem disso”, concluiu.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.