Mesmo sem Rubens Marques, Governo tem maioria para aprovar venda de ações da Saneago, diz líder

Parlamentar da base, que é servidor da estatal, pediu licença à base para votar contra o projeto. Ainda assim projeto tem maioria de votos favoráveis na Assembleia, garante Bruno Peixoto

Foto: Lívia Barbosa/Jornal Opção

O deputado estadual Rubens Marques (Pros), que integra a base do governador Ronaldo Caiado (DEM), declarou, nesta quinta-feira, 31, que não votará favorável ao projeto que permite a venda de 49% das ações da Saneago. Mesmo assim, o líder do Governo, Bruno Peixoto (MDB), garante que o Governo mantém maioria para aprovar a matéria.

Rubens Marques chegou a emendar o projeto, garantindo que 30% dos recursos adquiridos com a venda seja destinado a investimentos em saneamento. Mas manteve seu posicionamento contrário ao projeto e teve aval da base para isso.

“O deputado é da base, ele entende que esse projeto será importante para o Governo, ele entende que a matéria garante aos servidores públicos o direito ao trabalho, diferentemente do que foi feito na Celg. No entanto a base liberou para que ele possa votar a pedido de uma parcela dos servidores, então nós não fizemos obstrução”, explicou Bruno Peixoto.

O deputado do Pros explicou que trabalhou na Saneago por 38 anos e não poderia ser a favor do projeto. “Eu acho que no momento é prejudicial, principalmente para a carreira dos funcionários, então eu estou com os servidores. E, por isso, votarei contra, mas sou base do governador, estou acompanhando em todas as votações. Eu pedi desculpa para meus colegas da base, falei que eu sou Caiado, sou Governo, mas contra a Saneago eu não posso votar”, lamentou Rubens Marques.

O líder do Governo disse que isso não irá prejudicar a tramitação do projeto, que conta com a maioria dos deputados favoráveis. “Porque é um projeto de grande importância, que vai beneficiar empresas e que vai ampliar em 40% a rede de esgoto”, detalhou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.