Deputado vê com naturalidade pedido de vistas sobre orçamento impositivo

[relacionadas artigos=”176262″]

O deputado Talles Barreto (PSDB), responsável pela emenda que eleva o orçamento impositivo de 0,5% a 1,2% no projeto de Lêda Borges (PSDB), disse ter visto com naturalidade o pedido de vistas sobre o tema, nesta semana. Na ocasião, os legisladores Henrique Arantes (PTB), Virmondes Cruvinel (PPS), Major Araujo (PRP) e Humberto Teófilo (PSL) fizeram a solicitação.

“Acho que está caminhando e vários pontos importantes foram feitos. O governo é forte”, diz sobre o pedido de vistas, mas já rebate: “A vantagem é que o governo, mesmo com a estrutura grande é desorganizado e não é de cumprir tudo que fala”.

[relacionadas artigos=”173735″]

Posicionamento

Ao ser questionado sobre sua posição no passado, Talles lembra que foi governo, mas quando houve discussão do orçamento impositivo era secretário de Estado. “Evidente que fui governo, mas a chance de estar em um grupo que pelo orçamento, como o deputado Lissauer e Henrique Arantes era grande”, prevê.

Ainda segundo ele, mesmo que não fosse a favor na época, hoje tem uma visão como deputado mais amadurecida de que este recurso não é para os parlamentares, mas para a população.