Menor que atirou contra colegas em Goiânia vai para centro de internação

Por questões de segurança, polícia não divulgou local para onde o adolescente foi levado

A Polícia Civil confirmou na tarde desta segunda-feira (23/10) que o menor autor dos disparos que deixou dois mortos e quatro feridos no Colégio Goyases, em Goiânia, já foi encaminhado a um centro de internação.

O local onde o adolescente de 14 anos foi internado não foi informado por questões de segurança, informou a assessoria de comunicação da polícia.

Decisão judicial do último sabado (21) determinou a internação provisória do menor atirador por 45 dias, prazo estimado para a conclusão do processo e a sentença da Justiça, conforme prevê Estatuto da Criança e do Adolescente.

A tragédia que chocou Goiânia e todo o País ocorreu na última sexta-feira (20) no colégio localizado no Conjunto Riviera. A Polícia Militar abriu nesta segunda-feira procedimento administrativo para apurar como o menor teve acesso a arma de fogo. A pistola usada no atentado é da mãe do adolescente — que possui carreira militar — e estava guardada em um guarda roupas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.