Menor de 16 anos é suspeito de agredir filho recém-nascido em Goiás

Foto divulgada pela PM mostra marcas da violência no pescoço da criança de oito meses de idade. Adolescente foi ouvido e logo depois liberado por não se tratar de flagrante

Divulgação/PM

Divulgação/PM

Um menor de 16 anos de idade é suspeito de agredir o próprio filho, um recém-nascido de apenas oito meses de idade. O crime ocorreu em Trindade e foi registrado pela Delegacia de Polícia do município neste domingo (4/12). Uma foto divulgada pela Polícia Militar mostra as marcas da violência no pescoço da criança.

Segundo a corporação, teriam sido ao menos duas agressões: uma na última quinta-feira (1º) e outra neste domingo. Os policiais foram acionados pela avó da criança, que teria deixado de relatar a primeira agressão ao neto por receio da reação do genro.

O adolescente foi ouvido na delegacia e depois liberado por não se tratar de um flagrante. A criança irá passar por exames que vão comprovar as lesões e um inquérito será instaurado. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.