Médico proíbe Bolsonaro de participar de debate nesta quinta-feira (4)

Confronto será o último entre presidenciáveis antes da eleição no próximo domingo (7/10)

O candidato á presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, não deve participar do último debate entre presidenciáveis, na próxima quinta-feira (4), realizado pela TV Globo. O cirurgião Antônio Macedo, um dos médicos que atende o candidato, afirmou que não liberou o paciente para participar do confronto.

De acordo com o médico, que visitou Bolsonaro em casa, nesta quarta-feira (3), o paciente ainda não tem condições de se submeter a situações de desgaste e recomendou que ele se mantenha em repouso por sete a 10 dias.

“Depois da nossa avaliação clínica, nós contra-indicamos participação em debates ou em qualquer atividade que pudesse cansá-lo ou que o obrigasse a falar por mais de dez minutos. Por que isso? Recentemente, ele foi submetido a duas cirurgias de grande porte. Uma em Juiz de Fora para salvar a vida dele. E outra para corrigir uma obstrução intestinal gravíssima que ele teve”, disse em entrevista ao UOL.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.