Mau uso do autódromo de Goiânia pelo público leva Agetop a cancelar provas de motovelocidade de 2014

Todas as provas de motovelocidade agendas para 2014 no Autódromo de Goiânia estão suspensas por determinação do presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincon. Em nota enviada à imprensa nesta segunda-feira (11/8) Jayme Rincon afirma que a decisão se deve à má utilização do espaço pelo público do evento no último domingo (10), quando foi realizada a primeira Etapa do Campeonato Goiano de Motovelocidade e algumas pessoas assistiram à corrida de cima da caixa d’água do autódromo, além da invasão e depredação da sala de imprensa do local.

Uma resposta para “Mau uso do autódromo de Goiânia pelo público leva Agetop a cancelar provas de motovelocidade de 2014”

  1. Avatar Roney disse:

    ao inves do artista Jaime ryncon trabalhar e fazer jus ao seu cargo de diretor de obras fica hostilizando uma categoria de esportes que trouxe muita visibilidade a cidade de Goiania desde 1988 ou seja se quer ser o diretorzinho que ao menos trabalhe ao entregar as instalacoes para os organizadores que o mesmo faca um cheklist de tudo que for utilizado e ao receber de volta o autodromo no minimo faca seu trabalho e veja se houve alguma irregularidade e cobre do organizador do evento e nao dos esportistas que ali estao dando show ao publico goiano, e outra se o seu proprio povo nao presta para ver corrida de motos pois depredam o patrimonio entao me diga quem e que vai ser o publico…….. ah e outra porque ele nao cobrou dos organizadores da stock cars a limpeza do autodromo que mesmo apos quase 1 semana ainda estava todo sujo.ou o publico foi de outra cidade……

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.