Massa falida da Encol inicia pagamento de direitos trabalhistas

Já foi permitido o pagamento de mais de R$ 5 milhões para 87 credores

Foto: Reprodução

A Massa Falida da Encol iniciou o pagamento dos créditos trabalhistas depois de conciliação no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO). Já foi permitido o pagamento de mais de R$ 5 milhões para 87 credores. Os valores serão pagos com correção monetária calculada pelo indexador TR.

A empresa conseguiu que os direitos trabalhistas fossem reajustados de acordo com a Taxa Referencial (TR), que determina os rendimentos da poupança e é calculada pelo Banco Central.

Os valores, que são considerados preferenciais, foram homologados na 11ª Vara Cível de Goiânia pelo juiz Jeronymo Villas Boas.

A Encol pediu falência em 1999 quando tinha mais de 23 mil funcionários.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.