Marcos Abrão diz que não abrirá processo e defende Virmondes no PPS

Presidente metropolitano do partido havia classificado Virmondes como infiel e dito que decisão de apoiar Waldir não seria aceita pela legenda 

O deputado federal e presidente estadual do PPS, Marcos Abrão, afirmou nesta quinta-feira (18/8) que não há possibilidade de o partido abrir um processo contra o deputado estadual Virmondes Cruvinel por infidelidade. A possibilidade foi levantada pelo presidente metropolitano do partido, Darlan Braz, na última segunda-feira (15) em entrevista ao Jornal Opção.

Virmondes Cruvinel comunicou, no último dia 9, a decisão de apoiar a candidatura de Delegado Waldir (PR) já que sua mãe, dra. Rose Cruvinel (PMN), aceitou ser vice do deputado. O PPS, entretanto, faz parte da coligação Uma Nova Goiânia, cujo candidato é Vanderlan Cardoso (PSB).

De acordo com Darlan, o deputado estadual seria infiel caso seguisse na decisão. O presidente metropolitano da legenda afirmou ainda que esteve na conversa entre Virmondes e Abrão e que “enquanto pessoa nós [Darlan e Marcos Abrão] entendíamos, mas que como dirigentes, não poderíamos aceitar como normal a posição dele” e que isso seria encarado como ato de infidelidade.

Na quarta-feira (17), Virmondes reforçou que seria incoerente não seguir ao lado da mãe, que o apoiou durante toda sua trajetória, e que até então não havia sido comunicado sobre a abertura de um processo. De acordo com o presidente estadual do PPS, a possibilidade não é real. “Não ouvi essa história [de processo] dentro do partido”, declarou.

Segundo Marcos, houve a conversa em que o colega explicou que as razões de seguir com Waldir e Rose e a situação foi completamente entendida pelo partido. “Claro que entendo o lado dele, é uma responsabilidade familiar”, pontuou. Agora, Virmondes trabalha pelo fortalecimento do PPS no interior, apoiando as candidaturas pelo interior do Estado e, na capital, segue ao lado da mãe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.