Marconi recebe arcebispo auxiliar do Papa Francisco no Palácio das Esmeraldas

Dom Vicenzo e o governador conversaram sobre diversos assuntos, mas nada falaram ao público sobre a especulada vinda do Papa Francisco a Goiás em 2018 para a inauguração da nova Basílica de Trindade

marconi-vaticano-OK]

O governador Marconi Perillo recebeu, no Palácio das Esmeraldas, neste sábado (30/1), o Arcebispo Dom Ângelo Vicenzo Zani, Secretário da Congregação para a Educação Católica do Vaticano, cargo do segundo escalão da Santa Sé.

Ele está em Goiás com a missão de visitar a Pontifícia Universidade Católica e os colégios católicos do Estado. Na conversa particular, podem ter falado sobre uma possível visita do Papa ao Estado para a inauguração da nova Basílica de Trindade, prevista para 2018, como está sendo especulada, mas não adiantaram nada e até mesmo evitaram falar sobre o assunto.

Juntamente com a primeira-dama, Valéria Perillo, Marconi, Dom Vicenzo, Dom Washington Cruz (arcebispo Metropolitano de Goiânia) e membros da cúpula da Igreja Católica em Goiás, conversaram sobre a importância da implantação de universidades católicas em locais com instabilidade política e institucional, como em Macau e Tawian. “A guerra em Macau terminou em parte por conta da instalação da Universidade Católica, que ajudou a estabelecer a paz no local”, explicou Dom Vicenzo.

Marconi contou sobre a viagem que fez à Itália, anos atrás, para conhecer a Calábria, região natal do bisavô dele. “É um lugar belíssimo e muito agradável”, afirmou o governador, que disse a Dom Vicenzo que quase chamou-se Paulo, por causa do Apóstolo de Jesus. “Minha mãe me chamou de Paulo a gravidez a vida inteira. Escolheu o nome por causa do Apóstolo, mas na hora do registro acabou fazendo uma homenagem ao meu pai”, revelou.

O governador avaliou como “muito positivo” o encontro. “Foi muito agradável. Falamos bastante sobre o Papa Francisco, que é um Papa querido hoje no mundo inteiro. Foi um momento de afirmação desta relação de parceria do Governo de Goiás com a Igreja Católica e, principalmente, com a Pontifícia Universidade Católica.”

marconi-vaticano-OK2

Participaram também do almoço o ex-secretário da Casa Civil, José Carlos Siqueira, acompanhado da esposa; Wolmir Amado (Reitor da PUC Goiás); Mauricio da Silva Ferreira (Reitor da Universidade Católica de Salvador/BA); os pró-reitores da PUC Goiás e membros da cúpula da Igreja Católica no Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.