Marconi: “Não podemos entregar Goiás nas mãos de quem nunca ajudou nosso Estado”

Candidato ao Senado participou da inauguração do comitê do deputado estadual candidato à reeleição Nédio Leite, em Jaraguá

Divulgação

Ao participar, na noite desta terça-feira (4/9), de inauguração do comitê do deputado estadual candidato à reeleição Nédio Leite, em Jaraguá, o ex-governador Marconi Perillo, candidato ao Senado Federal, afirmou aos inúmeros prefeitos presentes e à população que tomou toda a rua onde o comitê está localizado, que os goianos não podem entregar Goiás nas mãos de quem nunca ajudou o Estado.

“Não podemos retroceder em hipótese alguma. Goiás hoje é respeitado por todo o País. O povo tem autoestima alta. Nossa responsabilidade é muito grande. Não podemos deixar que quem não tem projetos tome Goiás”, afirmou.

Em referência aos avanços de suas gestões, Marconi citou obras de infraestrutura e programas sociais que beneficiaram a população da Região do Vale do São Patrício, dentre elas obras rodoviárias. “Por onde as pessoas andarem ou vão ver estradas que fizemos nos nossos governos, ou vão ver estradas que refizemos bem feitas”, observou.

Destacou, também, que Goiás, que era o 24.º estado em educação no Brasil, quando ele assumiu pela primeira vez o governo estadual, agora é disparado o melhor em educação, conforme atestaram o Ideb e o Saeb, cujos números foram divulgados pelo Ministério da Educação nos últimos dias.

Marconi, que representou o governador Zé Eliton e demais candidatos da chapa majoritária da Coligação Goiás Avança Mais, destacou algumas de suas propostas para o Senado, como a redução do número de parlamentares do Congresso Nacional em um terço, o fechamento das fronteiras à entrada de drogas e armas no País, e aumento do repasse dos SUS para médicos e para os leitos dos hospitais.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.