Marconi libera recursos do Goiás na Frente para mais 15 prefeituras

Em solenidade nesta segunda-feira (12), o governador autorizou repasses para cidades como Jataí, Paraúna e Uruaçu

Marconi Perillo realiza assinatura de convênios do Goiás na Frente | Foto: Wagnas Cabral

Nesta segunda-feira (12/6), o governador Marconi Perillo assinou autorizações para repasses da primeira parcela do programa Goiás na Frente com mais 15 prefeituras em evento no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

Com depósito automático dos recursos nas contas, foram beneficiados os municípios de Jataí, Aloândia, Guarani de Goiás, Jesúpolis, Jussara, Maurilândia, Bom Jesus de Goiás, Cachoeira Alta, Morro Agudo, Paraúna, Porteirão, São João D’Aliança, Turvelândia, Uruaçu e Vianópolis, que estiveram representados pelos seus prefeitos.

Ao saudar os prefeitos, o governador Marconi Perillo afirmou que o governo estadual tem pressa em celebrar os convênios com os 246 municípios do Estado, repassando “a fundo perdido, sem nenhuma contrapartida das prefeituras”, recursos para obras de infraestrutura, escolhidas a partir de audiências individuais a cada um dos prefeitos.

O vice-governador José Eliton, coordenador do programa Goiás na Frente, afirmou que o governo estadual promove uma agenda municipalista “não só no discurso, mas na prática”. Ele assinalou que, com o programa, Goiás “está verdadeiramente à frente do Brasil”.

Os 15 municípios que receberam hoje a primeira parcela do programa Goiás na Frente: Morro Agudo de Goiás (R$ 166.666,00), Jataí(R$ 500 mil), Aloândia (R$ 175.000,00 de um total de R$ 1 milhão), Cachoeira Alta (R$ 157.138,00 de um total de R$ 1, 6 milhão), Guarani de Goiás (R$ 200 mil de um total de R$ 2 milhões), Jataí (R$ 500 mil de um total de R$ 5 milhões), Jesúpolis ( R$ 166.666,00, de um total de R$ 1 milhão),  Jussara ( R$ 130 mil de um total de R$ 1,3 milhão), Maurilândia (R$ 200 mil de um total de R$ 2 milhões), Paraúna (R$ 200 mil de um total de R$ 2 milhões), Porteirão (R$ 175 mil de um total de R$ 1 milhão), São João D’Aliança ( R$ 200 mil de um total de R$ 2 milhões), Turvelândia ( R$ 140 mil de um total de R$ 700 mil), Uruaçu (R$ 300 mil de um total de R$ 3 milhões e Vianópolis (R$ 267.089,00 de um total de R$ 3 milhões).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.