Marconi inaugura novo Presídio Estadual de Anápolis

Unidade tem 6 mil metros quadrados e capacidade para abrigar 300 detentos 

Governador Marconi Perillo e prefeito de Anápolis, Roberto Naves durante inauguração do novo presídio | Foto: Divulgação

O governador Marconi Perillo e o vice Zé Eliton inauguraram nesta sexta-feira (16/2) o Presídio Estadual de Anápolis com capacidade para abrigar 300 detentos. A obra recebeu investimento de R$ 19 milhões na parte física e mais R$ 6 milhões em equipamentos e manutenção, com recursos do Goiás na Frente.

“Esse presídio estadual vai melhorar ainda mais a segurança do Sistema Prisional Goiano e, principalmente, do povo de Goiás”, destacou Marconi.

O novo presídio de Anápolis tem 6 mil metros quadrados de área edificada, com sala de aula, pátio de sol, área para atendimento psicológico e espiritual, além de galpões e guaritas de segurança.

São dois pavilhões de celas cuja capacidade varia de uma a oito vagas, de acordo com a necessidade dos gestores de separar os detentos por nível de periculosidade.

“Mudamos os parâmetros de governança, buscando a inteligência do estado com o mapeamento intramuros e deslocando, se for necessário, líderes de diversas unidades”, exemplificou Zé Eliton.

O procurador-geral de Justiça, Benedito Torres, disse que “nenhum estado brasileiro está investindo como Goiás no Sistema Prisional, que será, com certeza, modelo para o restante do Brasil”.

O governador já determinou que todos os detentos de Anápolis sejam alojados no novo presídio. “Assim como foi feito em Formosa, o coronel Edson deve dar início, imediatamente, à transferência de presos para o presídio de Anápolis”.

Novos presídios

Na última sexta-feira (9/2) o governador entregou o Presídio Estadual de Formosa com a mesma capacidade. Está prevista para ser entregue, ainda no primeiro semestre deste ano, a unidade prisional de Águas Lindas de Goiás, também com 300 vagas.

A previsão é de que no segundo semestre sejam entregues os presídios de Planaltina, com capacidade para 388 presos, e o de Novo Gama, que vai acrescentar mais 300 vagas ao sistema penitenciário goiano. Os investimentos feitos nos cinco presídios estaduais totalizam R$ 150 milhões e “mais de 2 mil novas mil novas vagas”, informou Marconi.

Nas palavras do diretor-geral de Administração Penitenciária (DGAP), coronel Edson Costa, “o governo tem tomado as decisões necessárias para construir um futuro melhor, e esse futuro já chegou para o nosso Estado”. Para ele, “o Brasil passa por momentos difíceis, mas Goiás trabalha com uma estrutura forte, com inteligência que visa nos proteger do crime organizado. O Governo de Goiás está tendo coragem de tomar as medidas contra o avanço do crime organizado, de mãos dadas com o Judiciário, as forças policiais e o Ministério Público”.

Participaram também da inauguração do presídio de Anápolis, ao lado do governador, o prefeito do município, Roberto Naves (PTB), o vice-prefeito, pastor Márcio Cândido (PSD), o presidente da ABC, João Bosco Bittencourt, e o presidente do TJGO, desembargador Gilberto Marques Filho.

Deixe um comentário