Marconi elogia Vitti e destaca papel da Assembleia para a economia goiana

Segundo o governador, presidente do Legislativo tem sido “decisivo” na implementação de programas

Entrega de benefícios do Goiás na Frente | Foto: divulgação

Em evento de repasse financeiro a mais quatro municípios goianos (Itapuranga, Guapó, Goianira e Acreúna) dentro do programa “Goiás na Frente”, o governador Marconi Perillo (PSDB) afirmou que o presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), e a bancada de deputados da base aliada são parceiros firmes e têm papel determinante na viabilização dos programas do governo.

“O presidente da Assembleia, deputado Vitti, ao lado da nossa bancada de deputados, tem sido decisivo na implementação dos programas de ajustes e nos programas de investimentos do governo”, disse.

Dirigindo-se ao presidente, Marconi ressaltou que o Legislativo não hesitou em votar medidas fiscais que garantiram o equilíbrio das contas estaduais, permitindo que Goiás, ao contrário de outros estados, mantenha a folha do funcionalismo em dia e ainda invista em programas de obras e serviços em todos os municípios do estado.

O programa Goiás na Frente disponibilizará R$ 9 bilhões de investimentos destinados a diversas áreas da administração estadual, com repercussão direta nos municípios goianos. De acordo com o governador, apesar da severa crise que assola o país, Goiás é o primeiro estado brasileiro a executar um projeto dessa envergadura.

“O Goiás na Frente demonstra que nosso Estado é o primeiro no Brasil a apresentar um pacote concreto de investimentos e é também o primeiro a tomar uma iniciativa tão corajosa em meio à crise. Nós somos o primeiro Estado brasileiro a realizar um robusto programa de investimentos, o maior programa de investimentos do Brasil. Duvido que algum Estado conseguirá, proporcionalmente, apresentar um programa desse tamanho, dessa magnitude, com ações especificadas e valor igual ou superior a R$ 9 bilhões”, disse Marconi.

O programa Goiás na Frente é resultado do planejamento administrativo e de medidas de austeridade fiscal adotadas por Marconi com apoio da Assembleia Legislativa. O conjunto de investimentos reúne receitas resultantes do ajuste fiscal, da privatização da Celg Distribuição, de receitas do Orçamento Geral do Estado, convênios com a União e de aportes da iniciativa privada.

Veja o vídeo:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.