Marconi apresenta pacote de reivindicações ao Ministério dos Transportes

Trem bala entre Goiânia e Brasília, conclusão de trechos rodoviários e reforma e expansão de aeroportos goianos entraram na pauta

Marconi em reunião com o ministro Maurício Quintella | Foto: Humberto Silva

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), reuniu-se em Brasília com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa (PR-AL), a quem apresentou uma série de reivindicações. O trem ligando Brasília a Goiânia esteve na pauta do encontro.

O ministro disse que a pasta já recebeu novos subsídios que mostram a viabilidade do projeto. “O Ministério dos Transportes e parceiros vão dar sequência para que no mais breve espaço de tempo viabilizemos esse projeto que, sem dúvida nenhuma, será fundamental não só para Goiás, mas também para o Distrito Federal e o Brasil”, comentou.

Durante a audiência, o tucano solicitou que o ministério acelere a apreciação e o atendimento a várias ações em Goiás. “Pedimos para que o governo agilize o processo de concessão da BR-060 ligando Goiânia a Rondonópolis (MT) com a consequente duplicação da rodovia”, disse.

Marconi pediu ainda a conclusão do trecho da BR-070 que liga a Belém-Brasília a Itaguari. Faltam apenas oito quilômetros para a conclusão da obra que, segundo o governador, “é um passo a mais no sentido de concluirmos a rodovia que liga Cuiabá a Brasília”.

Constam ainda do pacote de reivindicações, deixado pelo governador no Ministério dos Transportes: a conclusão da BR-080 ligando Uruaçu a Luiz Alves, obra orçada em R$ 419,1 milhões; a ponte sobre o rio Araguaia na BR-080, ao custo de R$ 128 milhões; a ponte sobre o rio Paranaíba, na BR-153 no valor de R$ 21,7 milhões; o anel viário de Jataí na BR-060 e o anel viário de Aragarças, na BR-070.

Ele solicitou também empenho do ministro para a conclusão de obras de reforma e expansão em dez aeroportos regionais. Da lista constam os aeroportos de Caldas Novas, Itumbiara, Minaçu, Jataí, Anápolis, Alto Paraíso, Pirenópolis, Catalão, Rio Verde e Porangatu.

Os projetos a serem executados através do Programa de Parcerias de Investimentos – PPI -, em parceria com o Ministério dos Transportes, são a concessão da BR-364-365-GO-MG (Jataí a Uberlândia); a concessão da ferrovia Norte-Sul (Porto Nacional -TO – Estrela d`Oeste – SP); contrato de concessão da Ferrovia Centro-Atlântica S.A e prorrogação do contrato de concessão da Ferrovia Centro-Atlântica S.A na área de atuação em MG, SE, GO, ES, DF, RJ, BA e SP.

Marconi defendeu ainda a concessão rodoviária da BR-060-153-262-DF-GO-MG da Concebra; a construção do Contorno de Goiânia na BR-060; a concessão da BR-153 – TO-GO, Anápolis a Aliança do Tocantins, a concessão da BR-050-GO-SP, entroncamento com a BR-040, na divisa entre Goiás e Minas Gerais e a concessão da BR-040-DF-GO-MG via 040 entroncamento com a BR-251-DF e Juiz de Fora-MG.

Marconi visita o novo Diretor-Geral da PRF

Governador e diretor-gerak da PRF | Foto: Humberto Silva

O governador Marconi Perillo visitou na tarde de hoje em Brasília o novo Diretor-Geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Antônio Borges Dias. Goiano de Cristianópolis, o novo dirigente nacional da PRF assumiu a função no último dia 24 de janeiro.

Ao considerá-lo um goiano ilustre que ascendeu ao principal cargo da Polícia Rodoviária Federal pelos seus méritos, o governador disse ter aproveitado a oportunidade para tratar de parcerias entre o Governo do Estado e a PRF, principalmente em relação às divisas de Goiás por rodovias federais. “É uma alegria muito grande estar aqui com o Renato, a quem conheço há muitos anos”, observou.

Renato Borges disse que toda a Polícia Rodoviária Federal se sentiu honrada com a visita do governador.

“Não tenha dúvida que tudo o que depender de nós, essa parceria com o Governo do Estado de Goiás, com as forças policiais e com o secretário de Segurança Pública em várias demandas estaremos aqui prontos para formalizar esse termo de cooperação. Segurança Pública é isso, tem que haver essa integração de forças, de parcerias, de tecnologia de inteligência e treinamento. Nós estamos no rumo certo”, declarou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.