Tucano se reuniu com cúpula da secretaria, quando determinou processos seletivos para contratação de 1,5 mil PMs e 1 mil servidores 

Reunião com Secretario de Segurança Publica e Comando das policias | Foto: Eduardo Ferreira
Reunião com Secretario de Segurança Publica e Comando das policias | Foto: Eduardo Ferreira

O governador Marconi Perillo (PSDB) usou as redes sociais para anunciar novo concurso público para a Polícia Militar.

Após a decisão do STF da inconstitucionalidade do Simve (Serviço de Interesse Militar Voluntário Especial), o tucano já havia adiantado ao Jornal Opção Online que deveria abrir novo certame para preencher a baixa de quase 2,5 mil temporários. 

Ainda sem data nem edital, o novo concurso oferecerá 1,5 mil vagas. De acordo com Marconi, no Twitter oficial do Governo de Goiás, mais detalhes serão apresentados ainda nesta segunda-feira (13/4).

O governador se reuniu com a cúpula da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária, nesta manhã no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, e determinou, ainda, a realização de processo seletivo simplificado para a contratação de 1 mil servidores administrativos para a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária. “Com isso, os policiais que estão em atividades internas poderão ser deslocados para o policiamento preventivo e ostensivo nas ruas”, explicou.

Marconi pediu urgência na realização do concurso e as Secretarias da Segurança Pública (SSP) e Administração Penitenciária e de Gestão e Planejamento (Segplan) vão definir agora os procedimentos para a contratação da empresa que fará o concurso para os 1,5 mil novos soldados, bem como a elaboração do edital do concurso.