Marconi aceita disputar presidência do PSDB com Tasso Jereissati, diz jornal

Segundo Folha de São Paulo, governador pretende disputar comando da legenda após agenda do programa Goiás na Frente

Marconi Perillo: quatro vezes governador garante lugar na história de Goiás como político e administrador público | Foto: Divulgação

O governador de Goiás, Marconi Perillo, avisou a aliados que aceita concorrer à presidência do PSDB com o apoio da ala do partido que defende a permanência da sigla no governo Michel Temer. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, ele pretende disputar o comando da legenda com o senador Tasso Jereissati, que está no cargo interinamente após afastamento do senador Aécio Neves.

Aécio deve renunciar definitivamente ao posto de presidente nas próximas semanas. Com isso, a decisão sobre o comando deve ser tomada até o fim do ano, com vista às eleições presidenciais de 2018.

Ainda segundo a Folha, o governador chegou a afirmar que aceita e quer disputar o posto, mas que prefere concluir uma agenda de lançamento de projetos e obras no interior do Estado antes de mergulhar na campanha interna. De acordo com esse cronograma, seria preferível realizar em outubro a eleição para a presidência.

Marconi está em andamento com o programa Goiás na Frente e, até o encerramento do mês de julho, terá percorrido 147 municípios.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.