Governador afirmou que as obras do complexo, que está marcado para ser inaugurado no dia 6 de julho, serão entregues em tempo recorde

Governador visita Hugol | Foto: Wagnas Cabral
Governador visita Hugol | Foto: Wagnas Cabral

O governador Marconi Perillo (PSDB) afirmou, durante vistoria realizada na tarde desta segunda-feira (15/6), que as obras do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), também conhecido como Hugo 2, serão entregues em tempo recorde.

A inauguração do hospital deve acontecer no próximo dia 6 de julho, 25 meses após o início da construção. O governador anunciou ainda que a visita realizada hoje foi a primeira de seis que serão feitas até a data.

Jayme Rincón, presidente da Agência Goiana de Transporte e Obras (Agetop), comparou a extensão do hospital, de mais de 71 mil metros quadrados, com o tamanho de quatro prédios grandes. “Não se faz, no Brasil, uma obra deste porte em um tempo tão curto”, afirmou.

Cada metro quadrado do hospital, que vai contar com três mil funcionários, sendo 450 médicos, custou R$ 2,3 mil ao governo estadual. O complexo possui 510 leitos, 21 salas de cirugia, uma ala exclusiva para atendimento de vítimas de queimadura, heliponto, refeitório e mil vagas para estacionamento. O custo de manutenção mensal será de R$ 15 milhões.