Manifestantes deixam mais uma escola. 18 unidades já foram desocupadas

Secretaria informou, neste domingo (7), que Colégio Estadual José Lobo, em Goiânia, foi devolvido à comunidade

Faixa no colégio Carlos de Pina | Foto: reprodução / Secundaristas em Luta

Faixa no colégio Carlos de Pina, que foi desocupado no sábado | Foto: reprodução / Secundaristas em Luta

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce) informou que o Colégio Estadual José Lobo, em Goiânia, foi desocupado no início da noite do último domingo (7/2).

A unidade estava ocupada desde o dia 14 de dezembro do ano passado como parte do protesto contra a implantação das Organizações Sociais. Segundo a pasta, a desocupação é resultado de amplo diálogo e negociação com a Seduce, nos quais, “pais e alunos tiveram significativa participação”.

Na próxima quarta-feira, a escola vai passar por uma vistoria técnica e o dia seguinte será destinado ao planejamento pedagógico e à organização da unidade escolar. As aulas, para os cerca de mil estudantes matriculados no Colégio Estadual José Lobo, devem retornar na sexta-feira (12/2).

Mais cedo, ainda no domingo, outras duas escolas haviam sido desocupadas. Manifestantes contrários à implantação das Organizações Sociais (OSs) deixaram os colégios estaduais José Ludovico de Almeida e Carlos de Pina, ambos em Anápolis.

Com isso o número de escolas desocupadas somam 18 em todo o Estado. Apenas 11 seguem ocupadas (veja lista abaixo).

As escolas devolvidas à Seduce passaram por vistoria da direção escolar ainda na noite do último sábado e não foi constatada nenhum tipo de depredação.

Todo o material, alimentos e faixas que estavam nas instalações foram retirados pelos manifestantes, que saíram de forma pacífica. Um novo planejamento pedagógico deve ser elaborado a partir da próxima semana para início imediato do ano letivo, relata a pasta.

Com a desocupação dessas duas escolas, seis unidades ainda permanecem ocupadas em Anápolis, mas todas têm a determinação legal de reintegração de posse expedida pelo juiz substituto da Vara da Fazenda Pública Estadual daquela cidade, Carlos Eduardo Rodrigues de Souza.

A decisão impõe a todos os ocupantes o prazo de 10 dias para deixarem as instituições de ensino, contando a partir da notificação, que ocorreu na última sexta-feira (5). O descumprimento da ordem judicial implica em multa diária de R$ 10 mil, a ser paga pelas pessoas listadas no processo; no caso dos adolescentes, os pais serão os responsáveis pelo pagamento dos valores.

A reintegração de posse se estende também para as seis unidades que ainda estão ocupadas em Goiânia. “A Seduce reafirma que os esforços são no sentido de que sejam desocupadas de forma espontânea a partir da negociação e do diálogo, conforme aconteceu em todas as escolas. A permanência indevida dos manifestantes implica em mais de sete mil alunos sem aulas”, completa a nota.

Escolas desocupadas
Aparecida de Goiânia
Colégio Estadual Cecília Meirelles
Ocupação: 14/12/2015
Desocupação: 29/01/2016

Colégio Estadual Nova Cidade
Ocupação: 16/12/2015
Desocupação: 26/01/2016

Colégio Estadual Rui Barbosa
Ocupação: 23/01/2016
Desocupação: 25/01/2016

Colégio Estadual Villa Lobos
Ocupação: 18/12/2015
Desocupação: 27/01/2016

Goiânia
Colégio Estadual Ismael Silva de Jesus
Ocupação: 16/12/2015
Desocupação: 25/01/2016

Colégio Estadual Francisco Maria Dantas
Ocupação: 15/12/2015
Desocupação: 26/01/2016

Colégio Estadual Robinho Martins
Ocupação: 10/12/2015
Desocupação: 26/01/2016

Colégio Estadual Professor Pedro Gomes
Ocupação: 16/12/2015
Desocupação: 26/01/2016

Colégio Estadual Cora Coralina
Ocupação: 16/12/2015
Desocupação: 28/01/2016

Colégio Estadual Bandeirante
Ocupação: 14/01/2016
Desocupação: 27/01/2016

Colégio Estadual Castelo Branco
Ocupação: 17/12/2015
Desocupação: 27/01/2016

Colégio Estadual José Lobo
Ocupação: 14/12/2015
Desocupação: 8/2/2016

Cidade de Goiás
Colégio Estadual de Aplicação Professor Manuel Caiado
Ocupação: 16/12/2015
Desocupação: 31/01/2016

São Luís de Montes Belos
Colégio Estadual Presidente Costa e Silva
Ocupação: 22/12/2015
Desocupação: 26/01/2016

Anápolis
Colégio Estadual Jad Salomão
Ocupação: 16/12/2015
Desocupação: 28/01/2016

Colégio Estadual Professor Faustino
Ocupação: 03/02/2016
Desocupação: 03/02/2016

Colégio Estadual Carlos de Pina
Ocupação: 16/12/2015
Desocupação: 06/02/2016

Colégio Estadual José Ludovico Almeida
Ocupação: 15/12/2015
Desocupação: 06/02/2016

Escolas ocupadas
Anápolis

Colégio Estadual Polivalente Frei João Batista
Ocupação: 14/12/2015

Colégio Estadual Padre Fernandes Gomes de Melo
Ocupação: 16/12/2015

Colégio Estadual Américo Borges de Carvalho
Ocupação: 16/12/2015

Colégio Estadual Hertha Leyser Odwyer
Ocupação: 23/12/2015

Colégio Estadual Antesina Santana
Ocupação: 06/01/2016

Colégio Estadual Doutor Mauá Cavalcante Savio
Ocupação: 01/02/2016

Goiânia
Colégio Estadual José Carlos de Almeida
Ocupação: 9/12/2015

Colégio Estadual Lyceu de Goiânia
Ocupação: 11/12/2015

Instituto de Educação de Goiás
Ocupação: 12/12/2015

Colégio Estadual Pré-Universitário
Ocupação: 17/12/2015

Colégio Estadual Murilo Braga
Ocupação: 15/12/2015

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.