Mané de Oliveira avisa que não será um “vice decorativo” na Assembleia

Vice-presidente eleito diz que, apesar de ainda não ter conversado com o presidente José Vitti, quer “cuidar das coisas” da Casa

Mane de Oliveira durante entrevista ao Jornal Opção em 2015 | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

O deputado estadual Mané de Oliveira (PSDB) diz que não será um vice decorativo na Assembleia Legislativa de Goiás. Eleito na chapa do também tucano José Vitti, que toma posse no dia 1º de fevereiro, ele promete participar da gestão.

“Não nasci para isso e não quero ser. Quero ser atuante, cuidar das coisas da Assembleia, principalmente na área que mais conheço que é a comunicação e a TV Assembleia aberta”, disse em nota.

Marcada para o primeiro dia da volta dos trabalhos no Legislativo, a posse da nova mesa diretora será realizada às 10 horas da manhã do dia 1º de fevereiro, no plenário da Casa. Serão empossados o José Vitti (PSDB), presidente; Mané de Oliveira (PSDB), 1º vice-presidente; Henrique Arantes (PTB), 2º vice-presidente; Bruno Peixoto (PMDB), 2º secretário; Lincoln Tejota (PSD), 3º secretário; e Humberto Aidar, 4º secretário.

O atual presidente, Hélio de Sousa (PSDB), foi eleito para a 1ª secretaria, mas deve renunciar ao cargo — sendo organizada uma nova eleição para a vaga –, como antecipou o Jornal Opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.