Major Vitor Hugo aponta para agenda de reformas para este semestre

Líder do governo Bolsonaro na Câmara também diz que Legislativo vive momento de protagonismo

Foto: Divulgação

O deputado federal e líder do governo Bolsonaro na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL), disse, em entrevista à Rádio Difusora AM, nesta quinta, 8, que esse semestre terá “várias pautas importantíssimas que serão discutidas” no Congresso. Segundo ele, a meta do governo federal é manter a agenda de reformas.

Vitor Hugo também citou que o Planalto irá encampar debates sobre saneamento básico e lembrou da iniciativa privada como possível parceira na atração de investimentos no segmento. “Precisamos avançar com essa discussão a fim de garantir água tratada e destinação correta do esgoto produzido”.

Já sobre a reforma da Previdência, aprovada na última quarta, 8, o líder do governo Bolsonaro na Câmara afirmou que foi uma vitória dos brasileiros. Ele reforçou que, em dez anos, será mais de R$ 1 trilhão na economia, sendo cerca de R$ 933 bilhões graças à PEC, mais aproximadamente R$ 200 bilhões da medida provisória de combate a fraudes no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), o que totalizará mais de R$ 1 trilhão.

Major Vitor Hugo afirmou que o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro, também será tratado em ambas as Casas, bem como o Pacto Federativo. Ele elencou, ainda, a proteção social aos militares, reforma tributária – já previamente em discussão na Câmara –, desenvolvimento da infraestrutura, reformas política e administrativa e medidas microeconômicas, como a revisão da legislação cambial e autonomia do Banco Central.

Protagonismo

Para Vitor Hugo, o Legislativo vive um momento de protagonismo no País, de forma consonante às ações do Executivo. De acordo com ele, o primeiro semestre foi de adaptação, já que houve renovação de cerca de 50% na Casa.

“Além dos 513 deputados e 81 senadores, são 22 ministérios e um presidente eleito sob o clamor de mudança da população. E todos precisam caminhar na mesma direção”, disse ele ao complementar que a população já percebe resultados. “Temos quantidade de empregos sendo gerada, juros caindo e uma presença mais altiva do Brasil frente ao cenário internacional, o que reflete na atração de novos investidores de outros países confiantes na estabilidade da nossa economia”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.