Maitê Proença foi sondada para Ministério do Meio ambiente de Bolsonaro

Atriz confirmou sondagem, mas disse que, por enquanto, é “apenas uma ideia”

Foto: divulgação

A atriz Maitê Proença é o mais novo nome proposto ao presidente eleito Jair Bolsonaro para compor um de seus ministérios. Cotada para a pasta do meio ambiente por um grupo de ambientalistas, economistas e pesquisadores, como adiantou a coluna de Ancelmo Gois, do Globo, nesta segunda-feira (12/11).

A escolha, porém, não foi aleatória, já que, mesmo sem filiação partidária a atriz conta com boas relações na área ambiental. Além disso, Maitê tem certa proximidade do presidente eleito, ela é ex-mulher do empresário Paulo Marinho, ligado ao presidente eleito.

Apesar de toda a especulação, a própria Maitê explicou que o seu nome, por enquanto, é “apenas uma ideia”. “A ideia é tirar o viés ideológico a que o setor ambiental ficou associado. Trazer um nome que possa abrir as portas que se fecham para os ecologistas. Mas o meu nome é apenas uma ideia” disse a atriz em entrevista.

Ao veículo, o empresário Paulo Marinho, ex-marido de Maitê Proença e ligado à campanha de Bolsonaro, porém, afirmou que o nome da atriz para o Meio Ambiente é “uma loucura. Não sei de onde tiraram isso”, disse ele.

O empresário declarou, também, que já fez o que devia fazer durante a campanha pró-Bolsonaro. “Não participo do governo.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.