Mais de 70 ônibus são multados por lotação de pessoas em Aparecida de Goiânia

Fiscalização foi realizada nos terminais Garavelo, Veiga Jardim, Cruzeiro e Araguaia

Fiscalização dos ônibus em Aparecida de Goiânia. | Foto: Imprensa/Prefeitura de Aparecida de Goiânia

Em uma Operação de fiscalização realizada nos terminais de ônibus do município de Aparecida de Goiânia, mais de 70 ônibus receberam notificação e multa, na tarde desta sexta-feira, 12.  A inspeção foi realizada nos terminais Garavelo, Veiga Jardim, Cruzeiro e Araguaia, por parte da Prefeitura do município, com apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar. O objetivo foi averiguar o cumprimento das medidas de segurança que devem evitar a superlotação no transporte coletivo e combater a contaminação da Covid-19 na cidade.

A operação é realizada com base na Portaria nº18/2021, que determina que as companhias de transporte coletivo deverão garantir que o embarque se restrinja ao o limite de capacidade de passageiros sentados. O terminal Garavelo foi notificado e multado por não possuir alvará de funcionamento e promover aglomeração de pessoas nos locais de embarque e dentro dos ônibus. Já no Terminal Cruzeiro, 32 ônibus foram autuados.

O secretário municipal de Segurança Pública de Aparecida, Roberto Cândido, explica que a inspeção está ocorrendo de forma rigorosa, com o objetivo de proteger a saúde dos usuários.  “Nossas equipes estão trabalhando diuturnamente no sentido de garantir o cumprimento do nosso decreto e punir infrações. O transporte coletivo também está sendo fiscalizado, pois é necessário que as concessionárias cumpram medidas estabelecidas para evitar a proliferação da Covid-19’, acrescenta.

Maria dos Santos Silva, que é usuária do transporte coletivo, concorda com a necessidade de fiscalização. “Tem que fiscalizar mesmo. Só assim para a gente ter garantia dos nossos direitos. A gente depende do transporte público, pagamos passagem e as empresas precisam cumprir com suas obrigações”, afirmou.

Medidas restritivas

A limitação de capacidade dos ônibus entrou em vigor no dia 7 de março, como uma das medidas aplicadas pela Prefeitura Municipal como forma de combate à Covid-19. Desde o dia 1º de março, diversos municípios do estado aumentaram com rigor as ações de luta contra a doença, devido ao aumento de casos e a alta necessidade de internações – somada a superlotação dos hospitais – no estado desde o fim de fevereiro. Até o momento, os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Aparecida se encontram com 100% de ocupação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.