Mais de 40 juízes são empossados para combater déficit no interior do Estado

Governador participou da cerimônia de posse, ocorrida nesta sexta-feira (26); juízes atenderão demandas na capital e no interior

Cerimônia de posse foi nesta sexta-feira | Foto: Ascom / TJGO

Cerimônia de posse foi nesta sexta-feira | Foto: Ascom / TJGO

O governador Marconi Perillo (PSDB) participou, na tarde desta sexta-feira (21/10), no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), da posse de 46 juízes, aprovados no 56º Concurso para Juiz Substituto do Estado de Goiás. Os juízes, empossados pelo presidente do TJGO, desembargador Leobino Valente Chaves, atuarão no interior e na capital do Estado.

Em discurso, Leobino Chaves afirmou que os juízes empossados chegam ao Judiciário goiano em um momento especial, em que a Casa passa por processo de modernização, com digitalização dos processos, o que resultará em mais agilidade e transparência. Disse também que eles têm a missão de auxiliar na necessária reconstrução do país.

“A vitória dos concursados representa resposta e alívio às constantes e justas reivindicações da comunidade, especificamente daqueles municípios cujas comarcas, em face do número insuficiente de magistrados, enfrentaram situação de vacância, mas estarão agora providas em sua totalidade”, destacou.

Segundo o juiz-auxiliar da presidência, Romério do Carmo Cordeiro, o TJGO realizou um levantamento para verificar quais comarcas necessitam de mais apoio – com maior entrada de casos novos e maior número de acervo por juiz. “Com base nesses números, foi apontado que Palmeiras de Goiás, Valparaíso de Goiás, Senador Canedo e Guapó também deveriam ter mais um magistrado cada”, afirmou.

Além disso, os recém-empossados, vão atuar para cobrir licenças-maternidade ou afastamento por motivo de saúde de outros magistrados em Aparecida de Goiânia, Cristalina, Novo Gama, Santo Antônio do Descoberto e Turvânia. Quatro restantes ficarão em Goiânia para, também, cobrir afastamentos e licenças.

Deixe um comentário