Mais da metade dos divórcios em Goiás ocorrem em famílias que possuem filhos menores

Foi registrado um aumento significativo do percentual de divórcios que constam a guarda compartilhada dos filhos

Foto: Reprodução

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou que, dos divórcios judiciais concedidos em 1ª instância, a maior proporção ocorreu entre as famílias constituídas somente com filhos menores de idade, atingindo 47,2% no estado de Goiás em 2018.

Também foi registrado um aumento significativo do percentual de divórcios que constam a guarda compartilhada dos filhos. Em 2014, essa proporção era de 7,9% no estado, já em 2018, essa modalidade passou a representar 22,0% dos divórcios judiciais concedidos no estado. No total de separações concedidas em 1ª instância, estiveram envolvidos 4.179 filhos menores de idade.

Quanto à duração do casamento, foi investigado o tempo transcorrido entre a data do casamento e da oficialização do divórcio. Em 2008, 40,9% dos divórcios em Goiás ocorreram em casamentos que duraram menos de 10 anos. Em 2018, esse percentual cresceu em 20 pontos percentuais, com 60,9% dos divórcios ocorrendo em matrimônios com menos de 10 anos de duração. No Brasil, esse aumento de divórcios foi menor, passando de 40,5% em casamentos com menos de 10 anos de duração em 2008 para 53,9% em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.