Maguito defende permanência de dissidentes no PMDB

Para o prefeito de Aparecida de Goiânia, seu partido tem que buscar novas forças políticas de olho em 2016

maguitovilelanoopcaoG

Para Maguito Vilela, PMDB n├úo tem que se preocupar com expuls├Áes | Foto: Fernando Leite/Jornal Op├º├úo

O prefeito de Aparecida de Goi├ónia, Maguito Vilela, defende que o seu partido, o PMDB, n├úo deve se guiar pela t├┤nica do ÔÇ£enxugamentoÔÇØ diante os filiados e militantes rebeldes. Com a experi├¬ncia de ex-governador, ele afirmou que repudia expuls├Áes, como foi cogitado no caso do jovem vereador de Goi├ónia Mizair Lemes J├║nior, que apoiou o PSDB na elei├º├úo para a nova mesa diretora da C├ómara de Vereadores.

ÔÇ£Eu acho que tem ├® que fortalecer, trazer mais gente e filiar mais pessoas. N├úo adianta: o partido que fica a├¡ procurando tirar companheiros acaba se enfraquecendoÔÇØ, destacou o peemedebista ao Jornal Op├º├úo Online.

Mizair Lemes J├║nior foi fritado do diret├│rio metropolitano ap├│s desobedecer a bancada. Em troca da ajuda na elei├º├úo de Anselmo Pereira (PSDB) — eleito presidente da Casa por┬áunanimidade –, o peemedebista ficou com o cargo de quarto secret├írio.

O posicionamento de Maguito Vilela ├® o mesmo para os casos do empres├írio J├║nior Friboi, do ex-deputado Frederico Jayme e do advogado Robledo Resende. Ou seja, permanecem no PMDB. O trio deu o que falar quando resolveu apoiar a reelei├º├úo do governador Marconi Perillo (PSDB), em outubro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.