“Lula prestará um desserviço ao Brasil se for candidato”, diz Ciro Gomes em Goiânia

Provável nome do PDT para a disputa da Presidência da República em 2018, ex-governador do Ceará disse que petista empobrece debate político no país 

Em evento sindical em Goiânia, Ciro garantiu que apoio a Lula está totalmente descartado | Foto: Bruna Aidar/Jornal Opção

Em Goiânia para o Congresso Estadual da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), o ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) criticou uma eventual candidatura do ex-presidente Lula (PT) à Presidência do Brasil. Para ele, a entrada do petista na disputa política empobrece o debate da campanha.

Principal nome do PDT ao governo federal em 2018, apesar de não confirmar sua pré-candidatura abertamente, Ciro comentou sua declaração de que não tem vontade de disputar contra o ex-presidente e disse que a fala não significa uma renúncia.

“Se o partido entender que eu sou candidato, serei com todo entusiasmo, apresentarei uma proposta que venho amadurecendo há muitos anos, mas entendo que se o Lula entrar, ele destrói completamente o ambiente da discussão do futuro do país”, disparou.

Com Lula, avalia o ex-governador, “vai ser uma eleição marcada pelo ódio, pelas paixões, sobre caudilhismo do petista ser a salvação da lavoura sem precisar dizer nada, sem sequer fazer uma auto-crítica de quem colocou Michel Temer na linha de sucessão ou quem empoderou Eduardo Cunha para ir para a presidência da Câmara”.”Isso tudo foi o senhor Lula brincando de Deus”, completou Ciro.

Para ele, o Brasil “não aguenta” mais quatro ou oito anos de guerra política marcada por ódios e paixões e precisa ser pautado por um projeto de desenvolvimento e mudanças.

“Lula prestará um desserviço à ele, porque não reproduzirá jamais o governo extraordinário que fez, em função de uma circunstância específica, e um desserviço ao país”, opinou ele. Questionado se aceitaria apoiar o petista na eleição, disparou: “De maneira nenhuma”.

Ciro também afirmou que, apesar de ligado ideologicamente à esquerda, ele não pretende fazer um governo com “esquerdismos”: “Precisamos fazer um projeto grande, em que caiba basicamente o entendimento entre quem trabalha e quem produz no Brasil”. “O Brasil não cabe em um projeto de esquerda”, finalizou ele.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
maria do carmo

Ciro e uma opcao, e uma pena, morre pela boca, varias pessoas pensam o mesmo. Sou paulistana, a longa data observo Requiao, seria uma otima opcao, etico, honesto, nao e invejoso, admirador de Lula, considera-o o melhor presidente do Brasil! Defende os direitos dos trabalhadores, fez otima administracao no Parana, nao foi reeleito, porque nao gastou em publicidade, usando verba para construcao de um hospital, integro, sempre defendeu Lula contra acusacoes de corrupcao, sempre disse, desde que Lula surgiu, houve acusacoes sem nunca provarem absolutamente nada, Requiao e grande, gostaria que fosse uma das opcoes para presidente do Brasil! Sou… Leia mais