Lula e Macron se encontraram para discutirem temas “absolutamente fundamentais”, segundo governo francês

O ex-presidente do Brasil foi recebido no Palácio do Eliseu com honrarias reservadas a altas personalidades

Nesta quarta-feira, 17, o presidente francês Emmanuel Macron, recebeu o ex-presidente Lula no Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa. Recebido com honrarias reservadas a altas personalidades, o petista teria discutido com o líder francês questões globais, como clima, pobreza e uma possível união entre União Europeia e América Latina.

Apesar de não ocupar nenhum cargo público, Lula discutiu com o presidente francês assuntos “absolutamente fundamentais hoje”, afirmou o porta-voz do governo francês, Gabriel Attal. Na França, o encontro entre os dois políticos repercurtiu bastante na imprensa francesa.

O encontro diplomático entre Lula e Macron contrasta com a relação abalada que o francês e o atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tem. Desde 2019, a relação entre Brasil e França tem estado abalada. Macron já criticou diversas vezes o descaso do governo brasileiro com as queimadas na Amazônia. Na época, Bolsonaro viu como um afronte ao seu mandato e seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), publicou um vídeo chamando o presidente francês de “idiota”.

“Não conhece nem seu país, fica dando pitaco aqui no Brasil. Essa é a politicalha deles”, disse Bolsonaro em janeiro deste ano, após mais críticas de Macron sobre questões de desmatamento e queimadas no solo brasileiro.

Jair Bolsonaro também cancelou, de última hora, um encontro que tinha com o ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, em Brasília, para ir cortar os cabelos. Comenta-se que Le Drian ficou aliviado por não ter que posar para uma foto com o presidente do Brasil.

Um dos momentos mais constragedores da relação entre os dois, foi quando Bolsonaro ironizou a aparência física da primeira-dama francesa, Brigitte, de 66 anos. Na época, Macron respondeu dizendo que “o que posso dizer a eles (povo brasileiro)? É triste, é triste. Mas é triste acima de tudo para ele e para os brasileiros. Acho que as mulheres brasileiras, sem dúvida, têm vergonha de ler isso de seu presidente”.

Em seu Twitter, Lula postou fotos do seu encontro com Macron e comentou sobre o que tinham discutido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.