Lula é levado para sede da PF em Curitiba, onde começa a cumprir pena

Petista se entregou no início da tarde deste sábado (7/4), no interior de SP

Reprodução

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva acaba de deixar o Aeroporto de Congonhas rumo à cidade Curitiba, onde começa a cumprir pena em regime fechado.

Antes de ir para o terminal, onde embarcou em saguão reservado a autoridades, o petista esteve na superintendência da Polícia Federal de São Paulo para fazer exame de corpo e delito.

Na porta da PF, vários manifestantes contrários e favoráveis à prisão do ex-presidente aguardavam a chegada do comboio e houve princípio de confusão entre os grupos.

Uma grande estrutura policial foi montada para garantir a ordem durante todo trajeto. Lula se entregou à polícia no início da tarde deste sábado (7/4), mais de 24 horas após o prazo estabelecido pelo juiz Sérgio Moro.

Depois de confirmar em discurso que decidiu que se entregaria, Lula passou parte da tarde dentro do Sindicato dos Metalúrgicos, ao lado de familiares e amigos.

Por volta das 17 horas, saiu em direção à garagem e, ao entrar em um carro, foi cercado por apoiadores contrários à rendição que tentaram impedir sua saída.

Pouco tempo depois, o ex-presidente Lula resolveu sair a pé em meio à multidão para entrar no carro da Polícia Federal, onde seguiu sob custódia em comboio, já em direção ao Aeroporto de Congonhas.

Lula foi condenado a 12 anos e um mês na ação penal do tríplex do Guarujá (SP), na Operação Lava Jato.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.