Lissauer Vieira e Diego Sorgatto se filiam à Rede

Por questões locais, deputados deixaram o PSD e já estão na legenda sustentável 

Deputados Diego Sorgatto e Lissauer Vieira deixam o PSD e se filiam à Rede Sustentabilidade | Fotos: Marcos Kennedy e reprodução / Facebook

Deputados Diego Sorgatto e Lissauer Vieira deixam o PSD e se filiam à Rede Sustentabilidade | Fotos: Marcos Kennedy e reprodução / Facebook

O PSD do secretário estadual de Cidades e Meio Ambiente, Vilmar Rocha, perdeu dois deputados estaduais no último mês. Lissauer Vieira e Diego Sorgatto deixaram a legenda e se filiaram à recém-registrada Rede Sustentabilidade — da ex-senadora Marina Silva.

A desfiliação dos dois ocorreu no dia 24 de setembro e a filiação à Rede, no dia 28 de setembro, mas só foram anunciadas nesta terça-feira (6/10). Em entrevista ao Jornal Opção, o representante de Rio Verde esclareceu que não há ruídos com o PSD. “Sou grato a Vilmar, aos meus ex-colegas e ao partido”, garantiu.

O problema de Lissauer Vieira é com o deputado federal Heuler Cruvinel (PSD) — que quer ser candidato a prefeito de Rio Verde a qualquer custo. Assim, rompeu com o atual administrador da cidade, Juraci Martins (agora no PP), e tem trabalhado para inviabilizar qualquer nome apoiado por ele.

“Há dez dias, uma nova comissão provisória do diretório do PSD de Rio Verde foi montada e eu nem sequer fui consultado. O deputado Heuler Cruvinel colocou um primo, uma prima, a mãe e a esposa na diretoria e eu não tive a oportunidade de me manifestar. Quer dizer, o partido não precisa de mim”, lamenta Lissauer.

Agora na Rede, o deputado assegura que não pensa em 2016. “Eu sou um homem de grupo. Ao contrário de outros, não faço política como meta pessoal. Estou focado no meu trabalho na Assembleia, mas, caso o prefeito Juraci Martins, nosso líder maior, entenda que eu devo participar do projeto, não me furtarei à convocação”, completou.

O jovem Diego Sorgatto também passa por uma situação parecida a de Lissauer, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

Diego e Lissauer deixam claro que, embora a Rede Sustentabilidade tenha, no âmbito estadual, um posicionamento neutro, os dois continuam na base do governador Marconi Perillo (PSDB). Ex-candidato ao Senado e atual presidente do partido, Aguimar Jesuíno teria lhes dado carta branca.

Sem a dupla, o PSD deixa de ser uma das maiores bancadas da Assembleia e conta, agora, com três deputados: Lincoln Tejota, Virmondes Cruvinel e Francisco Jr.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.