Lideranças e presidentes de subseções declaram apoio a Flávio Buonaduce

Durante inauguração do novo escritório político, advogados exaltaram competência e dedicação do pré-canditado da OAB Forte

Pedro Pauio de Medeiros

Pedro Pauio de Medeiros

A noite da última segunda-feira (22/9) foi marcada pelo lançamento do novo escritório político do pré-candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Goiás, Flávio Buonaduce. Em clima de comemoração, o nome da OAB Forte recebeu familiares, amigos, lideranças e presidentes de subseções para apresentar mais um espaço de debates e discussões, que deverá ser sede de sua candidatura.

Após percorrer diversas cidades do Estado para divulgar o Observatório da Advocacia, Buonaduce exaltou a colaboração de todos os presentes e pediu união até a eleição de novembro. “Estamos começando esta caminhada nesta noite, que tem como objetivo devolver o prestígio e a grandeza da OAB. Cada um de vocês é extremamente importante para o sucesso do nosso projeto. Colocamos alguns cartazes no escritório que traduzem bem nossos anseios: ‘respeito’, ‘trabalho’, ‘amizade’, ‘competência’, ‘história’ e ‘confiança’. Essa é a OAB Forte”, discursou.

Escolhido após intensas discussões com integrantes do grupo e advogados goianos, o ex-presidente da Escola Superior da Advocacia (ESA) recebeu elogios de colegas, que afiançaram apoio à sua candidatura.

Júlio do Vale

Júlio do Vale

Amigo e possível nome da chapa, Pedro Paulo de Medeiros destacou que o evento é uma prova de que o grupo OAB Forte está reunido e defendendo o ideal que sempre teve: “Trabalhar em prol da advocacia”. “As pessoas que sempre estiveram juntas ao projeto continuam firmes e unidas. Aqueles que nunca estiveram, por óbvio, não estão aqui. Mais uma vez mostramos a força, a capilaridade, a confiança e prestígio que temos com os advogados”, afirmou em entrevista ao Jornal Opção.

Para o conselheiro federal, a cada dia que se passa fica mais claro que a OAB Forte continuará no comando da Ordem, haja vista a competência e dedicação que o grupo tem para com a advocacia de Goiás.

Júlio César do Vale, ex-presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem, fez elogios a Flávio que, segundo ele, “discute ideias e aglutina pessoas para debater projetos”. “Aliás, das poucas leituras que fiz sobre Sócrates, me lembro que ele afirmou que ‘o inteligente discute ideias, o comum fala de coisas e o sem inteligência fala de pessoas’. Flávio está aqui para discutir ideias e faz bem ao dizer que o projeto da OAB Forte está acima dos projetos pessoais, do individual”, destacou.

Tatiana Aires

Tatiana Aires

Júlio Meirelles, consultor da Comissão Especial de Direito Eleitoral do Conselho Federal da OAB (CFOAB), também reforçou a ideia de que o novo escritório político é um espaço para ouvir os advogados: “Vamos discutir a advocacia. Quem não conhece o sistema OAB inventa propostas que não são exequíveis. Nossa meta é apresentar projetos factíveis e que serão cumpridos. Por isso o Observatório vem rodando o Estado. Queremos estar próximos a todos os advogados de Goiás”.

Um dos depoimentos que mais chama atenção é o da presidente da Comissão de Direito Previdenciário e Securitário da OAB, Tatiana Aires. A advogada lembrou que Flávio Buonaduce foi sempre um “grande parceiro” dos advogados previdenciários. “Ele foi o relator do projeto para a criação da nossa comissão. Antes, os advogados previdenciários estavam espalhados, não havia união nem coesão. Com a comissão, iniciamos a luta a favor das prerrogativas e dos direitos dos advogados previdenciários. É por isso que apoio sua candidatura, porque sei de sua dedicação à Ordem”, arrematou.

O ex-deputado federal Aldo Arantes, que também prestigiou o evento, exaltou o preparo de Buonaduce: “É professor respeitado, tem destaque na advocacia, portanto construiu capital político entre os advogados de muito respeito. Conseguiu incorporar à chapa profissionais com tendências diferentes em torno de um projeto, que tem como ponto de destaque apresentar uma alternativa ao sistema político do País”.

Presidentes
Presidente das subseções de Mozarlândia, Itumbiara e Quirinópolis | Foto: Renan Accioly / Jornal Opção

Presidente das subseções de Mozarlândia, Itumbiara e Quirinópolis

Em entrevista ao Jornal Opção, o presidente da subseção de Itumbiara, Marcelo Meinberg Geraige, ressaltou que todos os avanços conseguidos para a cidade até hoje foram das gestões da OAB Forte. “A história da seção de Itumbiara se divide em antes e depois da OAB Forte. Seria uma incongruência não apoiar o grupo”, destacou.

Além disso, Geraige fez questão de exaltar a competência de Flávio Buonaduce. “Nome melhor não teríamos. Igual, sim, mas melhor não. É um excelente advogado, militante, o que é muito importante, pois sabemos que tem aí pretensos candidatos que não militam. É professor conhecedor do Direito, dos anseios e das dificuldades dos advogados. Está preparado, pois acompanha o grupo há muitos anos”, completou.

Atualmente, a subseção conta com 380 advogados e a expectativa é que pelo menos 70% esteja com Buonaduce.

Já o dirigente da subseção de Quirinópolis, Abelardo José de Moura, defendeu a importância do presidente da OAB-GO ter um contato próximo com o interior: “Nós não temos a estrutura da capital. Quando batemos na porta da seccional é porque precisamos de apoio. Não adianta nada ter um presidente que fique apenas em Goiânia”.

Sendo assim, Moura escolheu Buonaduce como candidato da cidade. “É o candidato mais preparado, tem experiência nas gestões anteriores, foi diretor da ESA, é uma pessoa que tem condição de fazer um trabalho voltado para a classe. Está sempre olhando para o interior, que é mais importante”, arrematou. Por lá, a expectativa é de que, dos 195, pelo menos 80% esteja com a OAB Forte.

Presidente da subseção de Mozarlândia, Nelson Sales, revelou que a decisão de entrar na campanha Forte foi fomada por “lealdade” e “confiança” no trabalho de Flávio. “A expectativa é que pelo menos 40 advogados venham conosco”, completou.

Juventude
Escritório cheio durante o evento

Escritório cheio durante o evento

Representantes da Advocacia Jovem, Cleone Meirelles Junior e Rubens Garcia avaliam Flávio como o melhor candidato para representá-los. “Como professor, tem sensibilidade muito grande de aproximar a Ordem da Universidade e mostrar a importância de fortalecer a classe perante a sociedade. Por ser advogado militante, sabe das dificuldades que a classe enfrenta no dia a dia e tem o conhecimento para trazer melhorias à advocacia”, exaltou Cleone.

Mesmo representante dos profissionais de início de carreira, o advogado sustenta que é preciso ter um presidente de dentro da OAB. “Flávio tem experiência na Ordem. Vejo que uma instituição do tamanho da OAB-GO, que atende 246 municípios do Estado, não pode se dar ao luxo de ter no comando uma pessoa que não tenha experiência, que não tenha vivência”, afirmou.

Garcia se preocupou em falar sobre a representatividade dos jovens na gestão da OAB Forte: “Importante ressaltar que aqui todos temos voz. A juventude é respeitada, é ouvida, e tem trânsito livre no projeto de Flávio. Nossa ideia é fazer uma OAB plural”.

Ao final, Cleone também mostrou o desconhecimento de oposicionistas. “Temos um candidato que apresentou um projeto que já existe há dois anos na Ordem — criado na gestão de Buonaduce à frente da ESA. Ou seja, nossas propostas são tão boas que até a oposição copia. Neste momento de campanha propositiva é que vamos conseguir apoio dos advogados. Temos o melhor projeto”, finalizou.

Fotos: Renan Accioly / Jornal Opção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.