Líder do prefeito na Câmara, vereadora Célia Valadão trava votação do IPTU/ITU mais uma vez

Na última terça-feira (9/12), o presidente da Casa, Clécio Alves (PMDB), encerrou a sessão mais cedo para evitar derrota do projeto

Líder do prefeito na Câmara, Célia Valadão  | Foto: Marcello Dantas/Jornal Opção

Líder do prefeito na Câmara, Célia Valadão | Foto: Marcello Dantas/Jornal Opção/Arquivo

A líder da prefeitura na Câmara Municipal, vereadora Célia Valadão (PMDB), foi a nova responsável pelo travamento da votação do reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU/ITU) nesta quarta-feira (10/12). Embora estivesse previsto para a sessão desta manhã, o projeto teve pedido para ser retirado da pauta pela peemedebista, que alega precisar de mais tempo para análise. A iniciativa, segundo informou, partiu do Poder Executivo.

Esta é a segunda vez seguida que a base do prefeito Paulo Garcia (PT) consegue barrar a votação. Com receio de não ser possível aprovar o aumento de 39,8% — revisado pelo Paço Municipal nesta semana –, os vereadores tentam procrastinar para que o petista tenha mais tempo para “convencer” os aliados.

A menos de 10 dias para o prazo final se expirar, a prefeitura corre contra o tempo para angariar mais recursos para o próximo ano. E a manobra não agrada, claro, aos oposicionistas. Elias Vaz (PSB), em entrevista ao Jornal Opção Online, criticou a ação de Célia Valadão: “Não tenho dúvidas que ela fez isso para dar mais tempo do prefeito negociar com a base. É uma atitude injusta, pois abre precedente para o projeto ser votado a qualquer momento”.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Braum Mader

Só poderia mesmo é vir dessa família Valadao Aff, ainda tem gente burra q vota nesse povo