Justiça mantém testamento de Gugu e nega participação de ex-mulher na divisão de bens 

Com a decisão, desembargador manteve irmã de Gugu, Aparecida Liberato, como testamenteira e curadora das filhas menores, Marina e Sofia

Gugu Liberato (Foto: Reprodução)

A Justiça negou o pedido da ex-mulher de Gugu Liberato, Rose Miriam di Matteo, que pediu para entrar na divisão de bens deixados pelo apresentador.  A decisão foi confirmada pelo desembargador Galdino Toledo, da 9ª Câmara de Direito Privado de São Paulo, ao jornal O Globo.

Com a decisão, o desembargador manteve Aparecida Liberato — irmã de Gugu, nomeada pelo próprio apresentador — como testamenteira e curadora das filhas menores, Marina e Sofia.

Em entrevista à revista Veja, ela disse não poder aceitar um acordo “em que não tenho dinheiro nem para fazer mercado”. “Fiz um testamento para deixar expresso o desejo de doar tudo aos meus filhos”, completou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.