Justiça Federal determina suspensão das atividades do Instituto Lula

 Juiz Ricardo Augusto Soares Leite alegou que há indícios de que local tenha sido instrumento ou local de encontro para vários ilícitos criminais

O ex presidente Lula. Foto: Ricardo Stuckert

A Justiça Federal do Distrito Federal determinou na última sexta-feira (5/5) a suspensão das atividades do Instituto Lula por indícios de que “local tenha sido instrumento ou local de encontro para a perpetração de vários ilícitos criminais”. A informação foi publicada pela portal UOL.

O juiz substituto Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal Criminal de Brasília, foi o responsável pelo caso a pedido do Ministério Público, que só divulgou a decisão nesta terça.

“Como o próprio acusado [Lula] mencionou que no local [sede do Instituto Lula] se discutia vários assuntos, e há vários depoimentos que imputam pelo menos a instigação de desvios de comportamentos que violam a lei penal, a prudência e a cautela recomendam a paralisação de suas atividades. Há indícios abundantes de que se tratava de local com grande influência no cenário político do país, e que possíveis tratativas ali entabuladas fizeram eclodir várias linhas investigativas”, escreveu o juiz de Brasília em trecho do despacho.

O magistrado determinou ainda que a Superintendência da Polícia Federal em São Paulo deverá prestar informações sobre o cumprimento da ordem no prazo de três dias após o conhecimento da decisão.

O Jornal Opção procurou o Instituto Lula, que não respondeu aos contatos.
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Marileze L. Ferreira

Parabéns ao Juiz, é preciso dar um basta em quase vinte anos de destruição do Brasil. O PT recebeu o país em condições favoráveis para administrar, no entanto ele desorganizou empobreceu o Brasil com tanto roubo… Tudo que Itamar Franco e FHC fizeram, Lula acabou com tudo.