Justiça derruba liminar e Karlos Cabral mantém mandato de deputado

Ex-petista assumiu vaga deixada pela coligação com a saída do ex-deputado e prefeito de Goianésia, Renato de Castro (PMDB)

O deputado Karlos Cabral (PDT) informou que foi derrubada a liminar que determinava a perda de seu mandato na Assembleia Legislativa de Goiás. A informação é da Agência de Notícias da Alego.

Uma liminar expedida pelo juiz Élcio Vicente da Silva, da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual, determinava que a vaga de Cabral deveria ser ocupada pela terceira suplente do PT, Cassiana Tormin, por entendimeto de que a vaga seria do partido.

Cabral disputou mandato de deputado estadual pelo PT em 2014, mas desde então migrou para o PDT. O mesmo ocorreu com o eleito Renato de Castro, que filiou-se ao PMDB.

Em dezembro de 2016, em razão da vitória do deputado Renato de Castro para a prefeitura de Goianésia, no Vale do São Patrício, Cabral foi convocado a assumir o mandato de deputado estadual. A posse lhe foi garantida pelo entendimento, já ratificado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de que a vaga pertence à coligação e não ao partido.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.